*
 

A Samsung apresentou nesta quarta-feira (23/8), em Nova York, o Galaxy Note 8, smartphone de tela gigante da marca. Exatamente um ano após o fiasco com a geração passada, quando a fabricante teve que suspender as vendas após relatos de explosões de baterias, a sul-coreana volta ao mercado com a linha. E não quer fazer por menos.

O modelo chega com display infinito Super Amoled de 6,3 polegadas, espaço suficiente para ver vídeos, fotos e trabalhar confortavelmente com a S Pen. O dispositivo chega esbanjando potência: processador octa-core, 6 GB de RAM, três capacidades de armazenamento (64 GB, 128 GB ou 256 GB), bateria de 3.300 mAh e sistema operacional Android 7.1.1.

No entanto, o celular quer impressionar mesmo é no quesito imagem. O Galaxy Note 8 tem duas câmeras traseiras de 12 MP com estabilização de imagem ótica (OIS) em ambas as lentes (grande angular e telefoto).

No modo de captura dupla, são feitas imagens simultâneas, uma em close com a lente de telefoto (F2.4) e outra, com a grande angular (F1.7), que mostra todo o plano de fundo. Já a câmera frontal de 8 MP tem foco automático e abertura de F1.7.
O design, ressaltado pela tela curva, lembra bastante o Galaxy S8. Porém, o modelo é mais quadrado. Assim como o irmão, tem suporte ao DeX (base que, acoplada a um monitor, permite transformar o celular em uma estação de desktop), inclui o assistente pessoal Bixby e é resistente à água e poeira.

Divulgação

O Galaxy Note 8 chega às vitrines em meados de setembro e será oferecido nas cores preta, azul, dourado e ametista.

 

 

COMENTE

samsungsmartphone
comunicar erro à redação