*
 

Autoridades americanas se preparam para indiciar o fundador do WikiLeaks, o australiano Julian Assange, de acordo com o site da rede de notícias CNN e com o jornal The Washington Post. Possíveis acusações incluem conspiração, roubo de propriedade do governo e violação da lei de espionagem, segundo a publicação.

O movimento vem na esteira da liberação de 8 mil documentos pelo WikiLeaks que revelam segredos sobre ferramentas de ciberespionagem da Agência Central de Inteligência (CIA, na sigla em inglês) dos EUA.

Na semana passada, o diretor da CIA, Mike Pompeo, denunciou o grupo como um “serviço de inteligência hostil” e uma ameaça à segurança nacional dos EUA.

 

 

COMENTE

WikiLeaksJulian Assange
comunicar erro à redação