*
 

Presley Brown, de apenas 11 anos, já pode falar que tomou um dos maiores sustos de sua vida. Ela estava em seu quarto, mexendo no celular, quando viu pelo reflexo do espelho um homem escondido em seu armário.

Desesperada, a menina começou a gritar por socorro. O homem era Race Cox, um fugitivo da polícia. Ele foi em direção à jovem e falou: “Não fique assustada, garotinha”.

Reprodução

O homem era procurado pela polícia

Ao ouvir os gritos da filha, o pai de Presley foi até o quarto e conseguir derrubar o bandido. Os dois lutaram, Race Cox acabou fugindo. “Era um daqueles gritos que na hora você percebe que algo muito errado está acontecendo”, disse a mãe, Monica Brow, à imprensa.

Mesmo conseguindo escapar, a polícia de Oklahoma, nos Estados Unidos, conseguiu capturar o bandido alguns dias depois.

 

 

COMENTE

estados unidos
comunicar erro à redação