*

Grandes marcas do setor de alimentos costumam manter na internet sites de receitas relacionadas ao produto que comercializam. Publicidade à parte, esse links são uma mão na roda para quem gosta de cozinhar.

Não exigem fidelidade ao produto anunciado e oferecem alternativas para todas as ocasiões, com receitas das mais básicas às mais elaboradas. Para os autodidatas, eles funcionam, em conjunto, como um verdadeiro curso de culinária. Dá só uma olhada.

Para explorar a versatilidade do arroz
Tudo que é possível fazer com esse cereal, do bolinho ao risoto, da salada a um arrumadinho, está no site da Tio João. Ainda é possível procurar as receitas pelo tempo de preparo e há opção para imprimir as instruções diretamente.

Para aprender o feijão com arroz… E mais
No site da Camil, aprende-se até como fazer sopa de pedra — trata-se de um tradicional prato português. É bacana porque você pode filtrar a procura por ocasião (em família, festa junina, Páscoa, Natal, Dia dos Pais…) e também pelo tempo de preparo.

Para satisfazer os carnívoros
A Academia da Carne é um projeto da Friboi e quem se propuser a explorá-lo vai sair expert no assunto. O site traz pequenos cursos em vídeos com chefs como Flávia Quaresma e Guga Rocha. Você pode escolher a receita pelo corte, ocasião, modo de preparo e ainda recebe várias dicas.

Para quando a opção for carne branca
O Hoje Tem Frango é um projeto da Seara, parecido com a Academia da Carne. Aqui também quem dá dicas e ensina receitinhas são chefs convidados. O mais legal deste site, e do da Academia, é que você não só aprende a receita, mas conhece bastante sobre o ingrediente.

Para ir além do simples molho de tomate
Visualmente, o site da Barilla não é tão bonito quanto os outros, mas é ótimo para quem quiser se arriscar em molhos diferentes e formas diferentes de se fazer macarrão. Bacana é que permite ao cozinheiro-internauta procurar preparos pelo formato da massa ou pelas estações do ano.

Para um lanche ou refeição na quantidade certa
Uma das coisas mais legais do site da Sadia é poder procurar receitas de acordo com o número de pessoas que vão comer, de uma a 20. O site traz receitas com aves, congelados, frios, linguiças, salsichas e carne suína. Tem de sanduíche e lanches a entradas e pratos principais. Bem diverso.

Para louvar a tradição portuguesa
Desde as receitas mais tradicionais de bacalhau, como Zé do Pipo e lagareiro, até versões gourmet e ideias para um churrasco de peixe, está tudo aqui, no site do Bacalhau da Noruega. Algumas delas são apresentadas em vídeo. E tem também uma seção só de receitas mais fáceis. Muito bom!

Para incrementar o miojo
Lámen cremoso de pizza à italiana, ao molho de cerveja, com molho picante e ervas… Você não tem ideia do que é possível fazer com um miojo até entrar no site da Nissin. Além de ser muito bonito visualmente, ele dá nobreza ao macarrão instantâneo com muitas receitas criativas.

Para qualquer ocasião do dia ou do ano
É de comer com os olhos o site da Nestlé. E bem diversificado. Você pode até procurar a receita de acordo com a refeição do dia (inclusive brunch) ou por datas especiais, como Natal e Páscoa. Na aba Feito Pra Você, há uma lista de receitas para quem tem restrições alimentares ou está de dieta. Superútil.

Para arrematar com azeite
O azeite é básico na cozinha. Isso permite ao site do Andorinha ter um ampla variedade de receitas, da linguiça com cachaça de boteco a uma sobremesa chique — gazpacho de frutas em duas texturas com chantilly de limão siciliano em infusão de jerez com hortelã. Dá vontade de fazer todas.



 

COMENTE

receitassadiaacademia da carnebacalhau da noruega