*

Lava Jato, Zelotes, Pixuleco, Influenza… Termos comuns de se ver no noticiário. Mas e em um cardápio? Pois é isso que o cliente do Operação Pizza encontra no menu do foodtruck.

Apesar dos nomes inusitados, os sabores são velhos conhecidos dos brasilienses, como marguerita, calabresa, lombo, etc. A Operação Lava Jato é uma calabresa defumada com cebola roxa e azeitonas pretas. Já a Caixa de Pandora empresta nome para uma pizza de peito de frango desfiado com catupiry. Há também a Pixuleco, Triplo X e Zelotes. Um dos maiores sucessos, a Influenza (foto no alto) leva lombo e catupiry.

A única que não se encaixa nas ações da PF é a pizza peppa pig, que leva bacon frito e alho crocante no preparo.

Há também opções doces que segue a mesma linha dos nomes. A massa fininha e crocante recebe camadas de queijo e cobertura. Dá para consumir sem ter de usar quilos de guardanapo, pois não é oleosa e não suja as mãos.

O preço é o grande atrativo do negócio: R$ 13, independentemente do sabor. O tamanho também não varia. As pizzas são todas de 20cm, um pouco maior que o tamanho brotinho. Rende boas mordidas e uma é suficiente para um lanche. E para manter o conceito de comida artesanal, o truck não trabalha com ingredientes congelados.

Tudo é feito por nós. Massa, molhos, o preparo dos vegetais… menos o queijo, mas porque ainda não temos nossas próprias vacas"
Guilherme Cecílio, um dos sócios

Nas ruas desde março de 2015, a Operação Pizza é o primeiro carro de especializado no preparo de pizza artesanal em Brasília. Apesar de itinerante, o truck costuma bater ponto sempre em alguns lugares: às quartas no Park Sul, às quintas no Taquari e às sextas na Praça do Cruzeiro ou no Taguaparque.

Operação Pizza
Para mais informações sobre a agenda do foodtruck acompanhe a página no Facebook, site e Instagram. De quarta a domingo, das 18h às 22h.

 



 

COMENTE

operação pizzafoodtruckpizza artesanal