*

Já pensou em ter um vinho criado por você mesmo, desde a seleção das uvas até a escolha do nome e a definição do design de embalagem? Pois esse é um sonho realizável, basta que você desembolse R$ 23,2 mil, que é o valor para produção de uma barrica, que rende aproximadamente 225 litros ou 290 garrafas.

O preço pode pesar no bolso individualmente, mas se torna mais viável quando a ideia passa a ser compartilhada. “É um projeto muito procurado por famílias, grupos de amigos e confrarias”, afirma Guilherme Grando, diretor da Villaggio Grando, vinícola catarinense que oferece esse tipo de serviço.

Definição de todos os detalhes
Segundo Guilherme, o cliente pode escolher todos os detalhes, como a variedade da uva (um corte/assemblage ou um varietal), a classe e o teor de açúcar que a bebida vai ter, e até o tempo de estágio em barricas. Profissionais da vinícola, é claro, supervisionam todas as etapas.

Até o cliente ter a garrafa do próprio vinho em mãos, leva uma média de um ano e três meses. Primeiro ele define o vinho, daí a bebida precisa ficar de seis a 12 meses na barrica. Depois, são mais três meses de descanso em garrafa e mais um mês para o processo de rotulagem.

As definições podem ser feitas por e-mail, mas não é aconselhável. “Nossa recomendação é que seja um processo presencial. É importante degustar. Boca, nariz, cor… Tudo isso faz a diferença no resultado final”, esclarece Guilherme Grando.



 

COMENTE

vinhosVillaggio Grando