*
 

Em menos de quatro minutos, ainda no primeiro round, o ex-campeão do UFC Vitor Belfort, 39 anos, foi nocauteado pelas mãos do norte-americano Kelvin Gastelum em Fortaleza (CE). Após a luta, na madrugada deste domingo (12/3), muito abatido e com lágrimas nos olhos, o veterano revelou o desejo de encerrar a carreira em casa, no UFC 212, no Rio de Janeiro, em junho.

“Kelvin é um lutador excelente. Me acertou um golpe que não esperava. Agora, é hora de mudar de lado, já fiz muita coisa pelo esporte. Tenho mais uma luta no contrato e quero lutar no Rio de Janeiro. Já entreguei muito aqui dentro. Quero pelo menos fazer mais essa luta”, disse o brasileiro.

Belfort começou bem no combate, mas foi ao chão após uma boa sequência de socos de Gastelum. O brasileiro até se levantou, mas levou dois cruzados e acabou perdendo por nocaute técnico após cair novamente. Embalado pela vitória, sua segunda desde que subiu ao peso-médio, o norte-americano foi ousado e desafiou Anderson Silva para um combate.

“Eu treinei três meses, não consegui assistir o aniversário da minha mãe por causa dessa luta com o Belfort. Tem um cara que há muito tempo faz barulho e quero muito enfrentar ele: Anderson Silva, no Rio, quem sabe. Estou pronto para o próximo”, disse o norte-americano, antes de fazer a arena puxar em coro um “parabéns a você” em homenagem a sua mãe.

Essa foi a terceira derrota seguida de Belfort, 39 anos, que igualou a pior sequência de sua carreira no MMA, obtida em 2005, quando também saiu do octógono derrotado três vezes consecutivas.

Apelidado de Fenômeno, o brasileiro tem uma carreira no MMA de 25 vitórias e 14 derrotas. Começou no esporte aos 19 anos e aos 20 conquistou o GP do UFC na divisão de pesados, derrotando três adversários no mesmo dia.

Veja abaixo os resultados do UFC Fortaleza:

Card Principal

Alex Cowboy (BRA) venceu Tim Means (EUA) por finalização (mata-leão), aos 2m38s do segundo round.
Bethe Correia (BRA) e Marion Reneau (EUA) empataram
Ray Borg (EUA) venceu Jussier Formiga (BRA) por decisão unânime (29-28, 29-28, 29-28)
Edson Barboza (BRA) venceu Beneil Dariush (IRA) por nocaute, com 3min35s do segundo round
Maurício Shogun (BRA) venceu Gian Villante (EUA) por nocaute técnico, com 59s do terceiro round

Card preliminar

Paulo Borrachinha (BRA) vence Garreth McLellan (AFS) por nocaute, com 1m17 do primeiro round
Jeremy Kennedy (CAN) vence Rony Jason (BRA) por decisão unânime (29-28, 29-28, 29-27)
Michel Trator (BRA) vence Josh Burkman (EUA) por finalização, com 1m42 do primeiro round
Joe Soto (EUA) vence Rani Yahya (BRA) por decisão unânime (29-28; 29-27; 29-27)
Serginho Moraes (BRA) vence Davi Ramos (BRA) por decisão unânime (triplo 30-27)
Kevin Lee (EUA) vence Massaranduba (BRA) por finalização, com 3min12s do segundo round

 

 

COMENTE

fortalezaUFCvitor belfortKelvin Gastelum
comunicar erro à redação