*
 

Primeira colocada no ranking mundial, a seleção brasileira de goalball masculino estreou com vitória nos Jogos Paralímpicos. A equipe ganhou da Suécia por 9 a 6 em partida disputada na Arena do Futuro, no Parque da Barra. O grande destaque do jogo foi Leomon Moreno, que marcou cinco gols. Josemárcio (duas vezes), Romário e Alex Celente também marcaram para o Brasil.

Desde o início da partida, o Brasil teve domínio das ações. Leomon teve papel fundamental ao marcar dois gols logo nos primeiros dois minutos. Depois do 2 a 0, a Suécia ainda descontou no 2º minuto com Seremeti, mas Leomon marcou mais um. No primeiro tempo, a maioria dos arremessos foram feitos por ele. E o placar dos primeiros 12 minutos terminou em 5 a 1.

“A gente tenta entrar com a maior intensidade possível. Entrando com a intensidade alta, a gente vai conseguir sufocar o adversário e o adversário vai ficar meio inseguro na defesa. Então, eu tento entrar meio concentrado no jogo. Indo para o limite e tudo deu certo. Os gols no começo deram confiança”, contou Leomon, ao final do jogo.

No segundo tempo, o Brasil tentou administrar a partida e substituiu Leomon por Alex Celente. A estratégia deu certo até os cinco minutos finais de jogo, quando o placar estava 7 a 2. Porém, três gols marcados por Bjoerkstrand complicaram o jogo para o Brasil.

Em um dos lances, a torcida “jogou contra” o Brasil. Em um arremesso, a bola bateu na trave e os jogadores, cegos, não conseguiram se guiar para encontrar a bola. Com isso, perderam o tempo de 10 segundos que tinham para o arremesso, tomaram uma penalidade e sofreram o gol. Faltando três minutos para o final, Leomon voltou ao jogo e marcou mais um gol. No final, cada time marcou uma vez e o jogo terminou 9 a 6.

Com a vitória, o Brasil espera os resultados da rodada para ver em que posição vai ficar. A seleção volta à quadra da Arena do Futuro nesta terça-feira (9) contra o Canadá. Para Josemárcio, o jogo de amanhã também será duro: “O Canadá é um adversário entruncado, mas vamos tentar vencer”, afirmou.

 

 

COMENTE

Rio 2016goalballleomon moreno
comunicar erro à redação