*
 

O zagueiro Hélio Neto, um dos sobreviventes do acidente aéreo da Chapecoense, na Colômbia, apresentou melhoras significativas no estado de saúde. Nesta quinta-feira (1º/12), o pai do jogador, Helam Marinho Zampier, contou que depois de ser submetido a cirurgias, o defensor reagiu bem e os médicos chegaram a dizer que ele terá condições de no futuro, estar recuperado e voltar a jogar futebol.

“Meu filho está cada vez melhor. Acaba de fazer cirurgia na perna e médicos afirmam que voltará ao futebol”, escreveu no Facebook o pai do jogador de 31 anos. “Agradeço as orações e continuemos com elas pois ainda precisamos de confirmações e alta para poder vê-lo de perto e tenho que dominar minha ansiedade que é muita”, completou.

O defensor de 31 anos, ex-Santos, foi o último a ser resgatado do local da queda do avião, nos arredores do aeroporto internacional de Medellín. Cerca de dez horas depois do acidente, resgatistas encontraram Neto bastante ferido, com hipotermia e com uma grave lesão torácica, que motivou cuidados especiais dos médicos.

Dos 22 jogadores do clube que viajavam para a final da Copa Sul-Americana, três sobreviveram. Fora Neto, continuam hospitalizados em estado grave o lateral-esquerdo Alan Ruschel e o goleiro Follmann. Outro integrante do voo que está internado na Colômbia é o radialista Rafael Henzel.

 




 

COMENTE

Chapecoensezagueiro neto
comunicar erro à redação