*
 

Um dos quatro brasileiros sobreviventes do trágico acidente da Chapecoense, o goleiro Jackson Follmann finalmente está próximo de deixar o hospital. De acordo com o centro médico da Unimed em Chapecó, onde ele está internado, a previsão é de que ele possa receber alta a partir do próximo dia 23.

Como era de se esperar, a informação aumentou a ansiedade de Follmann, que está internado desde o fim de novembro. Por isso, nesta sexta-feira, ele gravou um vídeo em que mandava um recado à torcida da Chapecoense e manifestava a empolgação com a proximidade da alta.

“Fala, torcedor da Chape. Estou aqui para agradecer o carinho de todo mundo, quem me apoiou, rezou por mim. Não só por mim, mas por todos os outros. Queria dizer que dia 23, se deus quiser, vou ter alta no hospital. Estou muito feliz pela torcida de todo mundo e espero, no dia 23, estar junto de todo torcedor vibrando pelo nosso time”, declarou.

Na última terça-feira, Follmann foi submetido a mais uma cirurgia, a última prevista, desta vez para enxerto de pele no tornozelo esquerdo. O goleiro teve parte da perna direita amputada e segue em tratamento por conta de uma osteomielite no local. Ele ainda passa por procedimentos de fisioterapia, fonoaudiologia e psicologia.

Follmann foi um dos seis sobreviventes da queda do avião da Chapecoense, que levava o elenco do clube para a decisão da Copa Sul-Americana, contra o Atlético Nacional, em Medellín, e deixou 71 mortos. O jogador é o único que ainda não teve alta. Seus companheiros de clube, Alan Ruschel e Neto, já estão em casa e podem voltar ao futebol nos próximos meses.

 

 

COMENTE

ChapecoenseGoleirosobreviventeFollman
comunicar erro à redação