*
 

O UFC Brasília movimentou o Ginásio Nilson Nelson na noite desse sábado (24/9). Como esperado, muitos amantes do MMA marcaram presença no local para ver uma série de lutas. A principal delas foi o confronto entre a brasileira Cris Cyborg e a sueca Lina Lansberg que começou logo na madrugada e trouxe muitos socos e emoção para o ringue.

Considerada a maior lutadora de todos os tempos, Cris chegou correndo no ginásio e com muita energia deixou a sueca Lina Lansberg no chinelo. Mesmo com toda a desenvoltura da lutadora sueca, que conseguiu aguentar os inúmeros golpes de Cris até o segundo round, a brasileira levou a melhor da noite e conquistou a vitória por nocaute técnico aos 2m29s no segundo assalto. O público, como era de se esperar, vibrou com a campeã.

Daniel Ferreira/Metrópoles Daniel Ferreira/Metrópoles

 

Confira todos os resultados do UFC Brasília:

Peso combinado: Cris Cyborg venceu Lina Lansberg por nocaute técnico aos 2m29s do 2º round.

Peso-pena: Renan Barao venceu Phillipe Nover por decisão unânime (29-28, 29-28, 30-27);

Peso-pesado: Roy Nelson venceu Antônio Pezão por nocaute aos 4m10s do 2º round;

Peso-leve: Francisco Massaranduba venceu Paul Felder por nocaute técnico (interrupção médica) aos 2m25s do 3º round;

Peso-médio: Eric Spicely venceu Thiago Santos por finalização (mata-leão) aos 2m58s do 1º round;

Peso-pena: Godofredo Pepey venceu Mike De La Torre por finalização (mata-leão) aos 3m03s do 1º round;

Peso-leve: Michel Prazeres venceu Gilbert Burns por decisão unânime (30-27, 30-27, 30-27);

Peso-galo: Rani Yahya venceu Michinori Tanaka por decisão unânime (29-28, 29-28, 29-28);

Peso-mosca: Jussier Formiga venceu Dustin Ortiz por decisão unânime (30-27, 29-27, 29-28);

Peso meio-médio: Erick Silva venceu Luan Chagas por finalização (mata-leão) aos 3m57s do 3º round;

Peso-leve: Alan Patrick venceu Stevie Ray por decisão unânime (30-27, 30-27, 29-28);

Peso meio-médio: Vicente Luque venceu Hector Urbina por nocaute a 1m00s do 1º round;

Peso-leve: Gregor Gillespie venceu Glaico Franca por decisão unânime (29-27, 29-27, 29-27).

 

Daniel Ferreira/Metrópoles  

 

COMENTE

Distrito FederalUFC
comunicar erro à redação