*
 

O trágico acidente aéreo que provocou a morte de 71 pessoas na última terça-feira (29/11), na Colômbia, onde quase todos os jogadores da Chapecoense perderam suas vidas quando o avião que os transportava caiu perto do aeroporto de Medellín, não passou em branco na NBA.

A noite de terça da liga de basquete dos Estados Unidos foi marcada pela homenagens feita às vítimas da tragédia antes das seis partidas desta rodada. Os jogos só começaram após a realização de um minuto de silêncio e os telões dos ginásios exibiram o escudo do time catarinense, sendo que o símbolo da equipe chegou a ser mostrado antes mesmo da execução do hino norte-americano, fato raro nos Estados Unidos e que serviu para realçar a dimensão desta tragédia.

A tragédia impediu que a equipe brasileira pudesse disputar nesta quarta-feira (30), contra o Atlético Nacional, o jogo da final da Copa Sul-Americana.

Bucks x Cavaliers
Após as homenagens, o que se viu foi uma série de resultados surpreendentes. O principal deles envolveu o Milwaukee Bucks, que derrotou o Cleveland Cavaliers, atual campeão da NBA e líder da Conferência Leste, por 118 a 101, em casa, e encerrou uma série de quatro vitórias seguidas do poderoso adversário.

Liderada por uma grande atuação do pivô grego Giannis Antetokounmpo, cestinha da partida, com 34 pontos, e ainda autor de um “double-double” ao pegar 12 rebotes, o Bucks conseguiu suplantar até com certa tranquilidade o Cavaliers, que desta vez contou com performances apenas regulares de LeBron James e Kyrie Irving, que marcaram respectivamente 22 e 20 pontos.

Os astros foram destaques ofensivos isolados do time visitante, que ainda teve Kevin Love fazendo um “double-double” de 13 pontos e 13 rebotes, mas viu a equipe da casa exibir uma forte atuação coletiva, com Jabari Parker, Michaek Beasley e Greg Monroe sendo importantes na parte ofensiva com 18, 17 e 14 pontos, respectivamente.

O Cavaliers chegou a terminar o primeiro período do duelo na frente, mas na soma dos dois quartos seguintes fez 20 pontos a menos que o Bucks, que depois administrou a vantagem que construiu no placar no tempo derradeiro do duelo para passar a contabilizar oito vitórias em 16 jogos, retrospecto que o deixa na sétima posição da Conferência Leste. O time de LeBron, mesmo derrotado, segue tranquilo no topo da mesma conferência, agora com três derrotas em 16 confrontos.

 

 

COMENTE

ChapecoenseNBACavaliersBucks
comunicar erro à redação