*
 

O governo da região da Lombardia, na Itália, analisa a possibilidade de candidatar a cidade de Milão como sede dos Jogos Olímpicos de 2028. “Tenho certeza de que, se as Olimpíadas de 2024 forem para uma cidade de fora da Europa, será justo candidatar Milão e a Lombardia para 2028”, disse o governador Roberto Maroni.

A declaração foi dada durante uma apresentação da candidatura de Milão para receber a 132ª sessão de conferência do Comitê Olímpico Internacional (COI) em setembro de 2019, ocasião em que será escolhia a cidade dos Jogos Invernais de 2026. O evento também contou com a presença do presidente do Comitê Olímpico Nacional Italiano (Coni), Giovanni Malagò.

Os Jogos de 2024 ainda não têm sede. A escolha ocorrerá em setembro deste ano, em Lima, no Peru. Concorrem as cidades de Los Angeles, nos Estados Unidos, e Paris, na França. A capital italiana, Roma, estava entre as candidatas e vinha fazendo campanha internacional para conseguir votos. Mas a nova prefeita romana, Virginia Raggi, do opositor Movimento 5 Estrelas (M5S), retirou a candidatura do município assim que assumiu o cargo, em junho passado.

O abandono gerou tensão com o governo do então primeiro-ministro Matteo Renzi, que defendia a candidatura de Roma e trabalhava para que a “cidade eterna” fosse escolhida. “A nossa crebilidade não só permanece intacta, mas como também foi reforçada pela maneira de como a candidatura de Roma aos Jogos de 2024 fora encerrada”, comentou Malagò.

 

 

COMENTE

jogosdesistênciamilãoromaolímpicossediar2028
comunicar erro à redação