*
 

O conceito de televisão mudou bastante nos últimos anos. Até a experiência de ver TV sofreu transformações. Com a segunda tela – celular, tablet, notebook –, veio a cultura baseada em acompanhar programas e repercuti-los (com memes, sempre) nas redes sociais.

Sintonizar, hoje, significa abrir um aplicativo de streaming ao vivo ou rever produções por vídeo sob demanda (VOD). As próprias smart TVs são desenhadas para funcionarem como computadores de tela grande.

A febre digital atingiu até canais tradicionais. É possível ver SBT ou Rede TV! via internet, pelos próprios sites das emissoras. Outras redes abertas e as grandes marcas da televisão por assinatura também apostam em serviços online que facilitam acompanhar a programação ao vivo e acessar reprises.

Conheça os principais serviços digitais de TV no Brasil:

Divulgação

Fox Play
O canal alimenta o serviço de VOD com conteúdo de séries populares, como “The Walking Dead” e a recente “Legion”, do universo X-Men. Por outro lado, o acervo de filmes soa mirrado diante das concorrentes. Outro forte do Fox Play é a seção de esportes: transmissão de campeonatos europeus e jogos da Copa Libertadores da América.

Acesso: assinantes de TV a cabo

Divulgação

Globo Play
O plano gratuito, liberado após cadastro, permite ver a programação ao vivo e clipes das principais atrações da emissora, como BBB e as telenovelas. Em formato de timeline, a navegação é intuitiva e ágil para quem procura conteúdo específico. A assinatura entrega programas na íntegra e reprises de toda a grade global.

Acesso: gratuito (mediante cadastro) e plano mensal por R$ 14,20

Divulgação

Globosat Play
Dominante na TV por assinatura brasileira, a rede Globosat disponibiliza tanto streaming ao vivo quanto conteúdo sob demanda de canais como Telecine (que também tem o seu app), Multishow e GNT. O serviço é popular especialmente nas transmissões esportivas de SporTV e nos pay-per-views de BBB, Combate e Premiere.

Acesso: assinantes de TV a cabo

Divulgação

HBO Go
Dona de programas originais populares (“Game of Thrones”, “Westworld”) e de um bom acervo de filmes recentes, a HBO avançou no streaming de vídeo digital ao criar um plano independente da TV paga. Ainda assim, apenas usuários de quatro estados (ES, MS, BA e DF) e assinantes da internet Oi podem aderir (R$ 34,90 por mês).

Acesso: assinantes de TV a cabo e da internet Oi (plano mensal de R$ 34,90)

Montagem/Divulgação

Net Now, Oi Play, Sky Online e Vivo Play
As quatro principais operadoras de TV paga apostam em filmes, programas infantis e séries. Vale explorar o acervo de produções nacionais (clássicas, contemporâneas e curtas-metragens) do Canal Brasil. A Net sai na frente por ter a melhor navegação entre os concorrentes.

Acesso: assinantes de TV por assinatura

Divulgação

R7 Play
O vídeo digital da TV Record dá acesso a programas, telejornais e novelas da emissora. Ao contrário de todos os outros serviços de VOD, o R7 não tem uma plataforma de exibição própria e integra toda a grade ao YouTube, facilitando navegação e interação dos usuários. Por outro lado, cobra assinatura. De graça, apenas um período de degustação de 14 dias.

Acesso: gratuito por 14 dias e plano mensal por R$ 10,90

Divulgação

Watch ESPN
O Watch se destaca pela programação ao vivo de jogos do Campeonato Inglês, partidas da NFL (futebol americano) e as tradicionais rodas de debate futebolístico. Nos últimos meses, o acervo sob demanda foi impulsionado pelo documentário vencedor do Oscar “O.J.: Made in America”, uma produção do próprio canal.

Acesso: assinantes de TV por assinatura e internet

 

 

COMENTE

streamingFOXgntvideo on demandnet nowtelecine
comunicar erro à redação