*
 

Durante a edição desta quinta-feira (1º/12) do “Jornal Hoje”, o repórter Ari Peixoto chorou ao vivo ao falar sobre o reconhecimento e a liberação dos corpos dos jornalistas que morreram na queda do avião da Chapecoense, na Colômbia.

Ao todo, 21 profissionais de imprensa morreram no acidente. Da Globo, estavam no voo Guilherme Marques, Ari de Araújo Junior e Guilherme Lars, além de Laion Machado Espíndola, do GloboEsporte.com.

A emoção de Ary Peixoto foi apoiada pelos usuários das redes sociais. O repórter recebeu diversas mensagens de apoio.

 




 

COMENTE

Ary PeixotoChapecoenseJornal Hoje
comunicar erro à redação