*
 

Quem acompanhou o último Caldeirão do Huck, no sábado (24/6), se emocionou com a história de Danilo da Silva, 31 anos, que vendia balas para conseguir construir uma casa em Palmas (TO). O rapaz, então, foi o escolhido pelo programa para participar do Lar Doce Lar, quadro que constrói ou reforma residências sem custo para os participantes, mas à base de muita emoção.

A casa que Danilo recebeu fica em um bairro perigoso e é ideal para as necessidades dele. No entanto, faltou um detalhe: o muro. Segundo o estudante, em entrevista ao UOL, “tem gente que joga pedrinha no telhado, parece que quer saber se tem alguém aqui”. O morador disse ainda que não tem dormido direito por conta disso.

Além do muro, Danilo precisa de um poço artesiano para ter água limpa em sua residência. Para tentar conseguir os itens que faltaram, ele começou uma vaquinha na internet. “Deus usou Luciano para me abençoar com uma linda casa. Agora conto com a ajuda dos irmãos para construir o muro e a cavar um poço artesiano”, escreveu o jovem na página.

O muro foi orçado em R$ 5,5 mil, incluindo a mão de obra. Já o poço, em R$ 3 mil. Danilo informa na página o endereço onde fez o orçamento, mesmo lugar onde o Caldeirão do Huck comprou todos os materiais. Até a última atualização desta matéria, o jovem já tinha conseguido arrecadar R$ 1.570.

 

 

COMENTE

Daniloluciano huckcaldeirão do huckLar doce lar
comunicar erro à redação