*
 

Poucos dias antes de morrer afogado — nesta última quinta-feira (15/9), enquanto mergulhava no rio São Francisco, na cidade de Canindé, em Sergipe –, o ator Domingos Montagner concedeu uma entrevista ao jornal Extra. Na conversa, publicada nesta segunda-feira (19/9), ele falou de amor, carreira, assédio e do personagem “Chico”.

Em um dos momentos mais emocionantes da entrevista, Montagner se declarou à esposa e ao irmão. “Amor é um sentimento que não dá pra lutar contra. Quando se estabelece com força, não adianta. Adoro o romantismo. Minha geração é a das canções com letras envolventes, delicadas, poéticas. Ter um amor para a vida inteira não é uma obrigação, mas, quando você o descobre, tem que se entregar. Foi o que eu fiz, há 15 anos”, disse.

Sobre o irmão, Francisco Montagner, o ator disse que a relação deles é muito parecida com a de Bento e de Santo, personagens da novela “Velho Chico”. “Confio demais nele. Tocamos juntos a nossa história depois da partida dos nossos pais.”

Confira a entrevista completa aqui.

 

 

 

COMENTE

Domingos Montagner
comunicar erro à redação