*
 

A temporada de 2016 na telinha, seja ela de TV, notebook, tablet ou celular, trouxe séries como “Stranger Things” e “Westworld”. Os maníacos por seriados também não perderam episódios inéditos de “Game of Thrones”, “House of Cards” e “The Walking Dead”. A comentada terceira temporada de “Black Mirror” representou uma revelação tardia, só possível em tempos de streaming. E o que esperar de novo em 2017?

Obviamente, todo mundo vai querer ver os próximos estratagemas de Frank Underwood em “House of Cards” ou tentar adivinhar as futuras mortes de “Game of Thrones” e “Walking Dead”. Fora os programas populares de sempre, 2017 promete uma enxurrada de novidades promissoras.

Tem de super-herói da Marvel a retorno de David Lynch, passando pela expansão de um certo universo espacial chamado “Star Trek”. Veja quais são as 10 novas séries de 2017 mais esperadas pelo Metrópoles:

“24 Horas – O Legado” (“24 – Legacy”)
Sem (o imortal) Jack Bauer (Kiefer Sutherland), a série de ação e espionagem retorna exatamente três anos após a última encarnação do agente (“Live Another Day”). Intérprete do rapper Dr. Dre em “Straight Outta Compton”, Corey Hawkins vive um ex-soldado perseguido por desafetos que pretendem fazer um atentado nos Estados Unidos.

Estreia em fevereiro, ainda sem data definida, na Fox

“Big Little Lies”
Uma das principais apostas da HBO, a comédia infiltra-se em escândalos e mentiras de bairro ambientados num típico cenário suburbano. Diretor de “Clube de Compras Dallas” (2013), o canadense Jean-Marc Vallée comanda poderoso elenco feminino: Reese Witherspoon e Laura Dern, que trabalharam com Vallée em “Livre” (2014), Nicole Kidman e Shailene Woodley.

Estreia em 19 de fevereiro, às 23h, na HBO

“Crashing”
Sob produção executiva do cineasta Judd Apatow (“O Virgem de 40 Anos”, “Ligeiramente Grávidos”), a HBO prepara outra comédia para 2017. Criador, roteirista e ator, Pete Holmes interpreta um humorista de Nova York que precisa se reinventar após ver sua esposa trocá-lo por outro. Apatow dirige o piloto.

Estreia em 19 de fevereiro, à 0h30, na HBO

“Desventuras em Série”
Uma das maiores produções da Netflix para 2017. A ambição realmente não é pequena: adaptar a série de livros infantis de Daniel Handler com Neil Patrick Harris (“How I Met Your Mother”) no papel principal do Conde Olaf. Na trama, três órfãos precisam driblar as artimanhas de Olaf para descobrir segredos de família.

Estreia em 13 de janeiro, na Netflix

“Deuses Americanos” (“American Gods”)
O novo seriado de Bryan Fuller (“Hannibal”) e Michael Green (“Heroes”) é baseado em obra do cultuado autor Neil Gaiman (“Sandman”). Shadow, ex-presidiário (Ricky Whittle), vaga por um mundo contemporâneo onde deuses da Antiguidade retornam para confrontar divindades atuais representadas por áreas como a mídia e a tecnologia.

Estreia em abril nos EUA. Ainda sem data no Brasil

“Legion”
A primeira série baseada no universo dos X-Men é comandada por Noah Hawley (“Fargo”). David Haller (Dan Stevens), filho mutante do Professor Xavier, acumula internações para tratar a esquizofrenia. Até que ele conhece Syd Barrett (Rachel Keller), uma colega paciente, e descobre um novo mundo de possibilidades a partir de sua mente.

Estreia em fevereiro, ainda sem data, no FX

“Punho de Ferro” (“Iron Fist”)
Já é a quarta série de super-herói da editora Marvel produzida e lançada pela Netflix. Após “Demolidor”, “Jessica Jones” e “Luke Cage”, o canal apresenta um prodígio das artes marciais (Finn Jones) dividido entre vocação e família. Scott Buck, produtor de “Six Feet Under” e “Dexter”, desenvolve o programa.

Estreia em 17 de março, na Netflix

“Star Trek – Discovery”
Doze anos após o fim de “Enterprise”, “Discovery” chega disposta a mexer com a nostalgia dos fãs de “Star Trek”. É ambientada uma década após o programa original e nada tem a ver com os atuais filmes da franquia. Sonequa Martin-Green (“Walking Dead”) vive a personagem principal, enquanto o atarefado Bryan Fuller divide a criação com Alex Kurtzman (“Fringe”).

Estreia em maio, na CBS. Os episódios entram na Netflix sempre um dia depois da exibição no canal americano

“Taboo”
Minissérie da BBC, o programa leva assinatura de Steven Knight (“Locke”), do ator Tom Hardy e de Chips, pai do astro. O seriado acompanha as andanças de um explorador (Hardy) que sai da África e retorna para a Inglaterra em busca de vingança pela morte do pai. Ridley Scott (“Alien”) figura no time de produtores executivos.

Estreia em janeiro, na BBC. Ainda sem data no Brasil

“Twin Peaks”
O revival da cultuada série de David Lynch (“Cidade dos Sonhos”) e Mark Frost marca o retorno de velhos personagens, como Dale Cooper (Kyle MacLachlan), e a introdução de novos nomes. O elenco inteiro inclui simplesmente 217 atores. Um deles é o próprio Lynch, no papel do chefe do FBI Gordon Cole.

Previsão para a partir de abril de 2017, nos Estados Unidos

 

 

COMENTE

Netflixsériesx-mentwin peaksséries de tvstar trek discoveryiron fistdesventuras em sériepunho de ferro
comunicar erro à redação