*
 

O MID — Movimento Internacional de Dança começou na segunda-feira (3/10), com atividades restritas a bailarinos — uma residência artística com o coreógrafo francês Herman Diephuis. Para o público em geral, a programação tem início nesta sexta-feira (7/10), às 19h, com a sessão de “Your Ghost Is Not Enough”, do francês Frank Micheletti, no Teatro 2 do Centro Cultural Banco do Brasil.

A partir daí, espaços do Plano Piloto, Taguatinga, Gama e Ceilândia recebem, até o próximo dia 25, espetáculos de dança contemporânea, de rua, hip-hop, batalha de break e espetáculo infantil — parte deles com entrada franca. São, ao todo, cinco produções internacionais, duas nacionais e quatro locais.

Aulas de sertanejo, passinho e mais
Workshops, palco aberto, aulas gratuitas para o público de ritmos como sertanejo, passinho e tango e uma ação de formação para alunos da rede pública de ensino complementam o evento — idealizado pelo produtor Sérgio Bacelar, da Alecrim Produções.

Para selecionar os espetáculos, Bacelar convidou a francesa Anita Mathieu (diretora do festival Rencontres Chorégraphiques Internationales de Seine-Saint-Denis) e os brasileiros Sérgio Maggio, Yara de Cunto e Giselle Rodrigues.

Coube a Anita a curadoria dos espetáculos internacionais — parte deles integrantes do France Danse Brésil 2016. A seleção nacional foi feita por Maggio, Yara e Giselle a partir de convocatória nacional aberta. Confira um a um na programação.

“Your Ghost Is Not Enough”
Interpretada pelos bailarinos Idio Chichava e Sara Tan, a produção da Kubilai Khan Investigations tem coreografia de Frank Micheletti — também autor da trilha sonora, que ele mesmo toca ao vivo, ao lado de Benoite Botlex. O espetáculo trata do ser sozinho em frente aos seus questionamentos.
Dias 7/10 (sexta) e 8/10 (sábado), às 19h, no Centro Cultural Banco do Brasil — Teatro 2 (Setor de Clubes Esportivos Sul, Trecho 2), Ingressos a R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia). Não recomendado para menores de 12 anos.

Batalha de Break
Atividade aberta, com seleção e júri coordenados por Alan Papel,
Dia 8/10 (sábado), das 15h às 18h, na Rodoviária do Plano Piloto. Entrada franca.

“BoleroEffect”
A coreógrafa italiana Cristina Kristal Rizzo concebeu e coreografou o espetáculo, em torno da famosa peça musical “Bolero” de Ravel. A própria Cristina sobe ao palco, ao lado da bailarina Simone Bertuzzi.
Dias 9/10 (domingo) 10/10 (segunda), às 18h (no domingo) e às 19h (na segunda), no Centro Cultural Banco do Brasil — Teatro 2 (Setor de Clubes Esportivos Sul, Trecho 2), Ingressos a R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia). Não recomendado para menores de 12 anos.

“Aurora”
Pouco depois de fazer temporada no CCBB com “Kalo — Filhos do Vento”, da Cia Os Buriti, a bailarina e atriz Eliana Carneiro volta ao palco com este espetáculo solo
Dia 11/10 (terça), às 20h, no Teatro Sesc Paulo Autran (CNB 12, Área Especial 2/3, Taguatinga Norte).
Dia 13/10 (quinta), às 10h, no Teatro Paulo Gracindo (Gama).
Dia 17/10 (segunda), às 21h, no no Centro Cultural Banco do Brasil (Setor de Clubes Esportivos Sul, Trecho 2), Todas as sessões têm entrada franca. 
Não recomendado para menores de 12 anos.

“Bang”
Definido como uma “máquina burlesca de terror”, no espetáculo de Herman Diephuis, duas mulheres cúmplices compartilham o medo, gritam, correm e fogem. Desssa forma, o criador francês pretende tratar do medo, do que diverte, do que excita e espanta.
Dia 12/10 (quarta), às 16h e às 18h, no Centro Cultural Banco do Brasil (Setor de Clubes Esportivos Sul), Ingressos a R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia). Não recomendado para menores de  7 anos.

“Batterie”
Nova montagem especial com o baterista Ticho Lavenère e dançarino Cristhian Cantarino,
Dia 12/10 (quarta), às 17h, no vão do prédio do Centro Cultural Banco do Brasil (Setor de Clubes Esportivos Sul). Entrada franca. Classificação indicativa livre.


“OneTwoThreeOneTwo”
O dançarino e coreógrafo hispano-belga Albert Quesada é responsável pela concepção e interpretação do espetáculo solo.
Dia 13/10 (quinta), às 19h e às 21h no Centro Cultural Banco do Brasil (Setor de Clubes Esportivos Sul), Ingressos a R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia). Não recomendado para menores de  12 anos.

Resultado da Residência Artística
Espetáculo produzido durante a residência artística com o coreógrafo francês Herman Diephuis.
Dia 13/10 (quarta), às 20h, no Centro Cultural Banco do Brasil (Setor de Clubes Esportivos Sul). Entrada franca. Classificação indicativa livre.

Aula de Tango
Atividade aberta ao público, sem necessidade de inscrição prévia.
Dia 14/10 (sexta), das 20h às 22h, no vão do prédio do Centro Cultural Banco do Brasil (Setor de Clubes Esportivos Sul). Entrada franca. Classificação indicativa livre.

Aula de Passinho
Atividade aberta ao público, sem necessidade de inscrição prévia.
Dia 15/10 (sábado), das 16h às 18h, na área externa do Centro Cultural Banco do Brasil (Setor de Clubes Esportivos Sul). Entrada franca. Classificação indicativa livre.

“Sacre”
Trabalho do coreógrafo francês David Wampach, a partir da peça musical homônima de Stravinsky.
Dias 15/10 (sábado), às 21h, e 16/10 (domingo),  às 20h (domingo), no Centro Cultural Banco do Brasil (Setor de Clubes Esportivos Sul). Ingressos a R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia). Não recomendado para menores de  12 anos.

Aula de Sertanejo
Atividade aberta ao público, sem necessidade de inscrição prévia.
Dia 16/10 (domingo), das 16h às 18h, na área externa do Centro Cultural Banco do Brasil (Setor de Clubes Esportivos Sul). Entrada franca. Classificação indicativa livre.

“Proibido Elefantes”
O espetáculo da Companhia Giradança fala do olhar como via de acesso, porta de entrada e saída de significados.
Dia 19/10 (quarta), às 21h no Centro Cultural Banco do Brasil (Setor de Clubes Esportivos Sul). Entrada franca. Não recomendado para menores de 12 anos.

“Velejando Desertos Remotos”
O livro “As Cidades Invisíveis”, de Ítalo Calvino, inspira este espetáculo do coreógrafo, dançarino e professor Marcos Buaiti. Leia matéria sobre “Velejando Desertos Remotos”
Dia 25/10 (terça), às 20h, no Teatro Newton Rossi (QNN 27, Área Especial Lote B, Sesc Ceilândia Norte). Entrada franca. Não recomendado para menores de 12 anos.

“O Crivo”
O mineiro João Paulo Gross inspira-se no universo literário de seu conterrâneo Guimarães Rosa para criar o espetáculo. Gross é integrante da Quasar Cia. de Dança.
Dias 21/10 (sexta) e 22/10 (sábado), às 21h, no Centro Cultural Banco do Brasil (Setor de Clubes Esportivos Sul). Entrada franca. Não recomendado para menores de 12 anos.

Divulgação

“De Carne e Concreto” (foto acima)
O 10º espetáculo da companhia Anti Status Quo é resultado de uma investigação que vem sendo desenvolvida ao longo de 13 anos, e mistura performance, artes visuais e dança contemporânea.
Dia 21/10 (sexta), às 21h, Anexo do Museu da República (Esplanada dos Ministérios). Entrada franca. Não recomendado para menores de 18 anos.

“Similitudo”
“Similitudo” é uma montagem do Projeto Pés — Teatro-Dança Para Pessoas com Deficiência.
Dias 21/10 (sexta) e 22 /10 (sábado), às 20h, e 23/10 (domingo), ás 19h, no Teatro Sesc Paulo Autran (CNB 12, Área Especial 2/3, Taguatinga Norte). Ingressos a R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia) Classificação indicativa livre.

“O Corpo em Obra”
Mestre em artes pela Universidade de Brasília, a performer baiana Larissa Ferreira encena este espetáculo solo.
Dia 22/10 (sábado), às 20h, no Centro Cultural Banco do Brasil (Setor de Clubes Esportivos Sul). Entrada franca. Não recomendado para menores de 12 anos.

Palco Aberto
Espaço para apresentações espontâneas de participantes da residência artística e dos espetáculos apresentados.
Dia 23/10 (domingo), às 20h no Centro Cultural Banco do Brasil (Setor de Clubes Esportivos Sul). Entrada franca. Classificação indicativa livre.

 

 

COMENTE

de graçaDançamid movimento internacional de dançaYour Ghost Is Not Enough
comunicar erro à redação