*
 

Morreu aos 93 anos, nesta quarta-feira (30/11), a ex-bailarina Asta-Rose Alcaide, conhecida em Brasília como a dama da ópera, pelo grande incentivo que deu a essa arte na capital. Ela já estava em coma no Hospital de Santa Maria havia uma semana por conta de um Acidente Cerebral Vascular (AVC).

Nascida em Joinville (SC), Asta-Rose dançava desde criança e se mudou para a capital paulista com o objetivo de aperfeiçoar a técnica. Em pouco tempo, foi admitida no Teatro Municipal, sendo uma das primeiras bailarinas do Estado.

Depois se casou e passou a viver em Lisboa, capital portuguesa. Com a morte do marido, ainda nos anos 1970, voltou para o Brasil e fixou residência em Brasília.

Na capital, atuou na Secretaria de Cultura e, em 1977, fundou a Associação Ópera-Brasília, sendo responsável pela produção de 18 espetáculos. Além disso, foi diretora da Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional.

 


 

COMENTE

óperaObituárioAsta-Rose Alcaide
comunicar erro à redação