*
 

Entre os muitos casarões históricos do Pelourinho, bairro histórico de Salvador (BA), um se destaca pela cultura pop. Trata-se do sobrado azul de dois andares em que o cantor Michael Jackson, morto em 2009, utilizou no clipe musical “They don’t care about us”, lançado há 21 anos.

É comum que os turistas entrem no edifício para fazer um registro no 2º andar da fachada, ao lado de um manequim do astro norte-americano. Porém, um anúncio pendurado na fachada não passa despercebido pelos visitantes. Nele há os contatos para interessados na compra do casarão. Pendurado no mesmo lugar há um ano e meio (a única diferença nesse tempo foi o acréscimo do número 9), as pessoas se perguntam: por que o espaço ainda não foi vendido?

O imóvel, em estilo colonial, pertence a um casal de italianos (anônimos) e está à venda desde julho de 2015. À época, o casarão estava avaliado em R$ 1,1 milhão de reais – preço bem acima da média da região, com outros sobrados parecidos custando R$ 600 mil.

O alto preço do prédio tem lá suas justificativas. Além da fama por conta do clipe musical, o edifício chama a atenção pela localização. Incrustado no centro do Pelourinho, o casarão fica a poucos passos da Igreja do Rosário dos Pretos e da Fundação Casa de Jorge Amado – um dos principais pontos turísticos da região.

Valor misterioso
Não se sabe se o valor abaixou ou aumentou após quase dois anos. O Metrópoles tentou entrar em contato pelo número anunciado, mas ninguém atendeu às ligações ao longo da semana. As autoridades da região também não puderam detalhar o processo de compra do imóvel, mas afirmam que os proprietários não desistiram da venda do sobrado.

O Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) disse que se responsabiliza pelo “acompanhamento da preservação do bem”, já que o casarão é tombado pela instituição e faz parte do centro histórico nomeado Patrimônio da Humanidade pela Unesco.

Porém, a instituição afirmou não saber de detalhes da venda do imóvel. O órgão faz visitas regulares para averiguar o estado de conservação do local. Até o momento, os agentes de fiscalização do Iphan não constataram qualquer avaria no casarão histórico.

 

 

COMENTE

Michael JacksonBahiaSalvadorpelourinhoThey don't care about us
comunicar erro à redação