*
 

O primeiro andar do Centro Cultural Banco do Brasil Brasília, no Setor de Clubes Esportivos Sul, passa a abrigar o Museu Banco do Brasil, dedicado a resgatar os 208 anos de história da instituição bancária. O museu será inaugurado oficialmente na manhã de segunda-feira. A partir da quarta-feira (12/10) estará aberto para visitação pública.

A exposição de estreia, “Acervos do Brasil: História, Cultura e Cidadania”, reúne documentos de valor histórico, cédulas, moedas, equipamentos e mobiliário. Há também peças de artes decorativas, pinturas, gravuras e esculturas de artistas como Candido Portinari, Di Cavalcanti, Carlos Scliar, Tomie Ohtake, Oscar Niemeyer, Athos Bulcão e Burle Marx.

Todas as peças fazem parte do patrimônio do Banco do Brasil, que foi catalogado e organizado para o lançamento do museu conta. Nele, estão incluídas 1.100 obras obras de artes visuais e decorativas, 35 mil itens de valor histórico como moedas, cédulas e objetos ligados à atividade bancária; mais de 16 mil títulos de livros; 20 mil fotos e vídeos, recortes de jornais e até atas de reuniões.

 

 

COMENTE

de graçaCCBBmuseu banco do brasil
comunicar erro à redação