*
 

Trinta e cinco anos depois do lançamento de “Os Saltimbancos Trapalhões”, Renato Aragão lança uma sequência do filme. “Os Saltimbancos Trapalhões: Rumo a Hollywood” chega aos cinemas em janeiro com ambição de atrair um público amplo.

“Esse filme vai atingir duas ou três gerações. O pai, o filho e o neto. O pai vai induzir o filho e ele mesmo, com certeza, vai ter aquele saudosismo de relembrar o primeiro filme ao assistir o segundo. Inclusive, tem uma novidade: o script e a história são diferentes e ainda tem uma música inédita do Chico Buarque”, comenta Aragão.

Reprodução

“Os Saltimbancos Trapalhões”, com Lucinha Lins no elenco

 

Produto exportação
“Os Saltimbancos Trapalhões” foi um dos longas de maior sucesso da franquia Os Trapalhões. Teve um público de 5,2 milhões de espectadores e foi distribuído no Uruguai, Argentina, Moçambique, Bulgária e Espanha. Além disso foi considerado um dos 100 melhores filmes nacionais na lista de Abraccine (Associação Brasileira de Críticos de Cinema) — ficou em 87º lugar.

Dirigido por João Daniel Tikhomiroff (que dirigiu “Didi e o Segredo dos Anjos” na TV), o novo filme traz Didi e Dedé ao lado de um elenco de globais, como Letícia Colin, Alinne Moraes, Maria Clara Gueiros, Nelson Freitas, Marcos Frota e Dan Stulbach — os dois últimos em participação especial.

Também inspirado na peça de Chico Buarque, Luis Bacalov e Sérgio Bardotti, “Os Saltimbancos Trapalhões: Rumo a Hollywood” conta a história da trupe do Grande Circo Sumatra. O grupo de artistas tenta reverter a crise financeira da companhia, provocada pela lei que proíbe a participação de animais em espetáculos.

 

 

 

COMENTE

renato aragãodedé santanaOs Trapalhões
comunicar erro à redação