*
 

“Pantera Negra”, longa previsto para estrear em fevereiro de 2018, reacendeu os debates raciais nas produções cinematográficas. A Marvel decidiu não usar o nome “Homem-Gorila” para caracterizar o vilão M’Baku, que será vivido por Winston Duke. A armadura dos quadrinhos, no formato de um grande primata, também será trocada por uma versão menos agressiva.

Nate Moore, produtor executivo do filme, explicou as alterações em entrevista à “Entertainment Weekly”: “Nós não o chamamos de Homem-Gorila. Nós o chamamos de M’Baku. Ter um personagem negro vestido como um macaco traria inúmeras implicações raciais que seriam prejudiciais”.

M’Baku é o líder e principal guerreiro das montanhas de Wakanda. Ele e seus seguidores discordam do reinado de T’Challa, o Pantera Negra. Assim, ele assume a posição de antagonista do rei e as tensões aumentam até chegar a uma guerra declarada.

Divulgação

M’Baku em ação nas filmagens do longa

“O Homem-Gorila é um personagem problemático por diversas razões, mas a ideia por trás do personagem é realmente fascinante. Estamos trilhando uma linha tênue, mas acho que teremos sucesso”, avaliou Moore.

 

 

COMENTE

MarvelPantera Negram'baku
comunicar erro à redação