*
 

Doze estreias de cinema abrem o último mês de 2016. É, também, o início da longa temporada dos filmes das férias e da chegada de postulantes ao Oscar 2017. Quinto capítulo da franquia de vampiros x lobisomens, “Anjos da Noite – Guerras de Sangue” volta a trazer Kate Beckinsale no papel de uma assassina imortal.

Já que a lista de novidades é longa, vale destacar alguns filmes em particular. O comediante Marcos Veras encara um raro papel dramático em “O Filho Eterno”, em que interpreta o pai de uma criança com Síndrome de Down.

Indicado para a criançada, a animação “Masha e o Urso” reúne episódios da série em formato de filme. Maísa Silva e Silvia Abravanel, do canal “SBT”, participam como dubladoras.

Veja detalhes sobre as 12 estreias desta quinta (1º/12):

“A Economia do Amor”
O drama do diretor belga Joachim Lafosse acompanha os reflexos da crise econômica em um ambiente doméstico. Após 15 anos de casamento, um casal dá início ao divórcio. Mas a família ainda precisa viver junta por um tempo. O longa passou na Quinzena dos Realizadores, no Festival de Cannes.

“Anjos da Noite – Guerras de Sangue” (leia crítica)
Vista esse ano no filme de época “Amor e Amizade” e no terror “O Quarto dos Esquecidos” (ainda em cartaz), Kate Beckinsale retorna ao seu papel mais conhecido: o da vampira assassina Selene. No quinto filme da franquia, ela tenta dar um fim à guerra milenar entre vampiros e lobisomens. Com direito a mechas loiras.

“As Aventuras de Robinson Crusoé”
Coprodução entre Bélgica e França, a animação conta novamente a história do explorador Robinson Crusoé, personagem criado pelo escritor britânico Daniel Defoe. No desenho, um papagaio narra as aventuras do refugiado no paraíso tropical que o acolheu.

“Estive em Lisboa e Lembrei de Você”
Baseado no livro de Luiz Ruffato, o filme traz direção e roteiro do português José Barahona. Vivendo um cotidiano simples em Minas Gerais, um homem decide arrumar as malas e se mudar para Lisboa, em Portugal.

“O Filho Eterno”
Mais conhecido por seus papéis cômicos, Marcos Veras vive um personagem dramático. Nos anos 1980, ele interpreta Roberto, um escritor prestes a ser pai pela primeira vez. Ao lado de Cláudia (Débora Falabella), ele descobre que o filho tem Síndrome de Down. Numa época em que a condição era tratada com preconceito, ele e a esposa tentam superar dramas pessoais para criar a criança.

“Galinha Pintadinha Mini – Na Telona”
Quem nos últimos anos conviveu com crianças pequenas já deve conhecer as aventuras cantantes da Galinha Pintadinha e sua turma. Desta vez, as histórias saem dos tablets e telinhas e ganham os cinemas, com novas tramas e design inédito.

“Maresia”
Interessado na obra de Emilio Vega, um pintor dado como desaparecido há décadas, Gaspar Dias (Júlio Andrade) encontra um homem (Pietro Mario) que supostamente conheceu o artista. A partir do encontro, a trama passa a misturar diferentes momentos temporais e a remexer as noções de verdade e ficção. Direção do carioca Marcos Guttmann.

“Masha e o Urso”
A animação compila episódios inéditos da série infantil “Masha e o Urso”, produzida na Rússia. Menina serelepe, Masha costuma aprontar confusões sempre que possível. Quando se vê em perigo ou em situações delicadas, pode contar com a ajuda de um grande urso da floresta para protegê-la.

“Mundos Opostos”
O diretor grego Christoforos Papakaliatis comanda uma trama dividida em três histórias de amor. Cada uma delas envolve um imigrante e um cidadão do país. Tendo a crise econômica como pano de fundo, o filme traz no elenco o astro J.K. Simmons, vencedor do Oscar de ator coadjuvante por “Whiplash – Em Busca da Perfeição” (2015).

“Ninguém Deseja a Noite”
A diretora catalã Isabel Coixet, de “Minha Vida Sem Mim” (2003), observa um encontro inesperado neste drama ambientado na Groenlândia. Uma expedicionária (Juliette Binoche) vai ao Polo Norte para encontrar seu marido. Lá, vê seus conceitos mudarem ao conhecer uma esquimó (Rinko Kikuchi). O filme concorreu na categoria principal do Festival de Berlim 2015.

“Sangue do Meu Sangue”
O experiente italiano Marco Bellocchio, de “A Hora da Religião” (2002) e “Vincere” (2009), mistura vampirismo e crônica social em um de seus filmes mais recentes. No século 17, um padre é de seduzido por uma freira, que acaba murada viva. Anos mais tarde, outro homem de mesmo nome, Federico, visita o lugar e descobre um misterioso sujeito de hábitos noturnos.

“O Último Virgem”
Seguindo a cartilha da comédia teen hollywoodiana, o longa nacional segue as angústias de um adolescente virgem. Perseguido pelos colegas da escola, Dudu (Guilherme Prates) sofre com as piadinhas de sempre. Até que, certo dia, a professora Débora (Fiorella Mattheis) se aproxima do garoto para aulas particulares.

 




 

COMENTE

anjos da noiteanjos da noite – guerras de sangueestreiasfilmeskate beckinsaleprogramação de cinema
comunicar erro à redação