*
 

Em programação de tiro curto, distribuída nas tardes e noites de segunda (26/9) e terça (27/9), a mostra “Cinema Agora!” leva para o 49º Festival de Brasília uma seleção de filmes inventivos e experimentais.

Alguns trabalhos marcam a primeira experiência de jovens diretores em longa-metragem. As sessões têm entrada franca no Cine Brasília e no Cine Cultura Liberty Mall — aqui, as reprises vão até quarta (28/9), após o encerramento do evento.

Longa de estreia do paulistano Diogo Noventa, “Recado pro Mundão” (SP, foto no alto) abre a mostra com um registro documental incomum. Por meio da câmera, internos da Fundação Casa (Centro de Atendimento Socioeducativo ao Adolescente) mandam mensagens para pessoas que estão do lado de fora. Depois, Noventa estabelece diálogos com meninos e meninas, revelando a preocupação com o futuro, a violência e a morte.

Divulgação

“Os Pássaros Estão Distraídos”: documentário sobre ambiente doméstico

 

Entre a autoria pessoal e experimental
Dois trabalhos da mostra lidam com assuntos pessoais de maneiras distintas. “Eles Vieram e Roubaram Sua Alma” (RS), primeiro longa de Daniel de Bem, acompanha um personagem obcecado em filmar coisas e pessoas.

Em “Os Pássaros Estão Distraídos”, os diretores Diogo Oliveira e João Vieira Torres registram um ambiente doméstico a partir de uma mudança, entre coisas a serem descartadas e itens encaixotados. “Pedro Osmar, pra Liberdade que se Conquista” traça um perfil do artista paraibano descrito no título. A dupla Eduardo Consonni e Rodrigo T. Marques assina o documentário.

Trabalho mais experimental da mostra, “Não Me Fale Sobre Recomeços” (PR) reúne imagens de fontes diversas, como de videogames e vídeos amadores, para propor um ensaio visual sobre assuntos diversos, da arte à política.

O trabalho leva assinatura de Arthur Tuoto, cineasta que se equilibra entre videoinstalações e filmes. Longas anteriores do curitibano, “Carnívora” (2016) e “Aquilo que Fazemos com as Nossas Desgraças” (2014) também foram produzidos a partir de imagens encontradas e apropriadas de origens distintas.

Programação da mostra “Cinema Agora!”, com entrada franca:

Cine Brasília

Segunda (26/9)
14h – “Recado pro Mundão” (SP, 90min, 12 anos), de Diogo Noventa
15h30 – “Eles Vieram e Roubaram Sua Alma” (RS, 77min, 14 anos), de Daniel de Bem
17h – “Os Pássaros Estão Distraídos” (RJ, 70min, livre), de Diogo Oliveira e João Vieira Torres

Terça (27/9)
14h – “Não Me Fale Sobre Recomeços” (PR, 70min, 12 anos), de Arthur Tuoto
15h30 – “Pedro Osmar, pra Liberdade que se Conquista” (SP, 76min, 10 anos), de Eduardo Consonni e Rodrigo T. Marques

Cine Cultura Liberty Mall

Segunda (26/9)
19h – “Recado pro Mundão” (SP, 90min, 12 anos), de Diogo Noventa
21h – “Eles Vieram e Roubaram Sua Alma” (RS, 77min, 14 anos), de Daniel de Bem

Terça (27/9)
19h – “Os Pássaros Estão Distraídos” (RJ, 70min, livre), de Diogo Oliveira e João Vieira Torres
21h – “Não Me Fale Sobre Recomeços” (PR, 70min, 12 anos), de Arthur Tuoto

Quarta (28/9)
21h – “Pedro Osmar, pra Liberdade que se Conquista” (SP, 76min, 10 anos), de Eduardo Consonni e Rodrigo T. Marques

49º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro
Até terça (27/9), no Cine Brasília (Entrequadra 106/107 Sul, 3244-1660). Mostra competitiva: R$ 12 (inteira) e R$ 6 (meia). Entrada franca em mostras paralelas e sessões especiais. A classificação indicativa varia de acordo com os filmes. Programação completa e agenda de reprises no site oficial.

 

 

COMENTE

festival de brasíliacine brasíliafestival de brasília 201649º festival de brasíliamostra cinema agora!
comunicar erro à redação