*
 

Michael Keaton revelou a razão por trás da sua saída da franquia do Batman após dois filmes. Keaton fez o super-herói em Batman (1989) e Batman: O Retorno (1992), ambos dirigidos por Tim Burton. Joel Schumacher foi contratado para dirigir Batman Eternamente (1995), e Keaton decidiu passar o papel para frente.

O ator disse numa entrevista ao The Hollywood Reporter que o roteiro para filme “nunca foi bom”. Ele disse que não entendeu por que Schumacher “queria fazer aquilo” com o filme, que tinha um tom mais leve do que os dois antecessores.

Val Kilmer assumiu o papel do homem morcego. Keaton está em cartaz nos EUA com o filme The Founder (Fome de Poder), uma biopic sobre um dos criadores do McDonald’s, Ray Kroc.

 

 

COMENTE

batmanMichael KeatonSuper-Heroi
comunicar erro à redação