*
 

O livro “Candango – Memórias do Festival Vol. 1”, totalmente dedicado a contar histórias do evento cinematográfico mais tradicional do país, foi lançado na noite deste sábado (16/9), durante a histórica 50ª edição do Festival de Brasília (15 a 24 de setembro).

Distribuído gratuitamente, o livro coleta testemunhos de 71 diretores, produtores, organizadores, críticos, atrizes e atores que marcaram a farta história do FBCB.

“Foram 71 pessoas, mas nenhum número seria suficiente. O festival é gigante e o número de pessoas é interminável. Esse é um recorte pequeno. Mas a gente se esforçou para ter entrevistados de todas as edições, de 1965 a 2016”, explica Lino Meireles.

O documentarista desbravou 65 horas de entrevistas para a estruturação do livro, pensado como uma história oral. As conversas também renderão um longa-metragem sobre o festival — o filme está em processo de montagem e deverá ser lançado em breve.

Além de livro e filme, o projeto também envolveu a criação de uma enciclopédia digital (metropoles.com/fbcb) que reúne informações sobre todas as edições da história do Festival de Brasília.

 

 

COMENTE

festival de brasília 2017
comunicar erro à redação