*
 

Com um olho na tradição e outro na renovação, o Festival de Brasília do Cinema Brasileiro (20 a 27 de setembro, no Cine Brasília) anunciou sua programação completa nesta terça (5/9), em coletiva de imprensa. Além de 9 longas-metragens em competição, a 49ª edição reúne outros filmes em mostras paralelas, além de seminários conectados a discussões atuais, como questões de gênero, feminismo e representação indígena.

Outra novidade é a criação da medalha Paulo Emilio Salles Gomes, que será inaugurada com uma homenagem a Jean-Claude Bernardet.

Segundo Eduardo Valente, curador desta edição, a ideia era democratizar o acesso do público à safra atual do cinema brasileiro. Ao todo, a organização recebeu 132 inscrições de longas. Contando mostra competitiva e segmentos paralelos, o evento registra 30 selecionados em sua programação.

Veja a programação completa do 49º Festival de Brasília

Divulgação

“Beduíno”, de Julio Bressane: exibição em sessão especial

 

“É um panorama forte da nossa produção. O festival tem uma tradição que precisa ser renovada e reforçada. São filmes que instigam debate e discussão por vários caminhos”, explicou.

O latente atual cenário político brasileiro deve abastecer o clima sempre participativo de cineastas e pessoas que frequentam o festival. Secretário de Cultura, Guilherme Reis acredita que as discussões em torno da política podem ser ampliadas por filmes e debates. “Não na questão partidária, mas em outros quesitos, como gênero”, apontou.

Um dos membros da comissão curatorial, Sérgio Moriconi brincou dizendo que o Corpo de Bombeiros deverá ser o principal parceiro do festival em 2016. “Vai pegar fogo!”, disse. “Nossas angústias estão todas contempladas nos filmes e seminários. As pessoas já fazem analogias entre a nova produção do nosso cinema e o que está se passando na política”, comparou.

49º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro
De 20 a 27 de setembro, no Cine Brasília (Entrequadra 106/107 Sul, 3244-1660). Mostra competitiva: R$ 12 (inteira) e R$ 6 (meia). Entrada franca: mostras paralelas e sessões especiais. A classificação indicativa varia de acordo com os filmes. Veja a programação completa.

 

 

COMENTE

Festival de Brasília do Cinema Brasileirocine brasíliafestival de brasília 2016
comunicar erro à redação