*
 

Com apenas dois filmes na programação noturna, a mostra competitiva do 49º Festival de Brasília se encerra nesta segunda (26/9), a partir das 21h30, no Cine Brasília. O longa “Deserto” (RJ), estreia do ator Guilherme Weber na direção, e o curta (de título longo) “Os Cuidados que se Tem com o Cuidado que os Outros Devem Ter Consigo Mesmos” (SP), de Gustavo Vinagre, fecham a disputa pelo troféu Candango.

Mesmo na reta final, o festival ainda revela agenda cheia em seus últimos dias (veja programação abaixo). A mostra “Cinema Agora!”, com filmes que experimentam em linguagem e narrativa, segue com sessões no Cine Brasília e no Cine Cultura até terça (27/9). A cerimônia de premiação do troféu Candango está marcada para às 19h de terça (27/9), com homenagem a Jean-Claude Bernardet e exibição de “Baile Perfumado” (1996).

Divulgação

Lima Duarte no longa “Deserto”: grupo de artistas errantes viaja pelo sertão

 

Ator visto recentemente na série “O Negócio”, da HBO, e no filme “Meu Amigo Hindu”, último longa dirigido por Hector Babenco, morto em julho, Weber visita a capital para mostrar seu primeiro filme como cineasta.

Com Lima Duarte no elenco, “Deserto” narra o cotidiano de artistas errantes que decidem se fixar num vilarejo. É baseado no livro “Santa Maria do Circo”, escrito pelo autor mexicano David Toscana.

Antes do longa de Weber, o curta “O Cuidado que se Tem com o Cuidado que os Outros Devem Ter Consigo Mesmos” passa na tela do Cine Brasília. De sinopse misteriosa, o trabalho revela direção de Gustavo Vinagre e presença de Nash Laila (“O Delírio É a Redenção dos Aflitos”), em seu segundo curta no festival, e do ator e diretor Caetano Gotardo (“O que Se Move”).

Destaques de segunda (26/9) e terça (27/9) no Festival de Brasília:

SEGUNDA (26/9)

Mostra “Cinema Agora!”, entrada franca
14h – “Recado pro Mundão” (SP, 90min, 12 anos), de Diogo Noventa
15h30 – “Eles Vieram e Roubaram Sua Alma” (RS, 77min, 14 anos), de Daniel de Bem
17h – “Os Pássaros Estão Distraídos” (RJ, 70min, livre), de Diogo Oliveira e João Vieira Torres

19h – Sessão Especial, entrada franca
“Beduíno” (RJ, 75min, 12 anos), de Julio Bressane

21h30 – Mostra Competitiva
“Os Cuidados que se Tem com o Cuidado que os Outros Devem Ter Consigo Mesmos” (SP, 22min, livre)
“Deserto” (RJ, 100min, 14 anos), de Guilherme Weber

TERÇA (27/9)

Mostra “Cinema Agora!”, entrada franca
14h – “Não Me Fale Sobre Recomeços” (PR, 70min, 12 anos), de Arthur Tuoto
15h30 – “Pedro Osmar, pra Liberdade que Se Conquista” (SP, 76min, 10 anos), de Eduardo Consonni e Rodrigo T. Marques

17h – Sessão Especial, entrada franca, reprise no Cine Cultura Liberty Mall
“Beduíno” (RJ, 75min, 12 anos), de Julio Bressane

19h – Solenidade de premiação no Cine Brasília, com entrada para convidados
Entrega da medalha Paulo Emilio Salles Gomes a Jean-Claude Bernardet e exibição de “Baile Perfumado” (PE, 1996, 93min, 16 anos), de Paulo Caldas e Lírio Ferreira

49º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro
Até terça (27/9), no Cine Brasília (Entrequadra 106/107 Sul, 3244-1660). Mostra competitiva: R$ 12 (inteira) e R$ 6 (meia). Entrada franca em mostras paralelas e sessões especiais. A classificação indicativa varia de acordo com os filmes. Programação completa e agenda de reprises no site oficial.

 

 

COMENTE

festival de brasíliacine brasíliafestival de brasília 201649º festival de brasíliaguilherme weber
comunicar erro à redação