*
 

O Biff (Festival Internacional de Cinema de Brasília) divulgou nesta quarta (14/9) os 16 selecionados para a mostra competitiva. Dividida entre documentário e ficção, a mostra revela longas-metragens de 15 países, incluindo “Jonas e o Circo sem Lona”, produção do Brasil dirigida por Paula Gomes. O festival acontece entre os dias 4 e 13 de novembro, em três espaços: Cine Brasília, Cine Cultura (Liberty Mall) e Teatro da Praça de Taguatinga.

Com foco no cinema independente, a comissão do Biff viu 321 filmes de 40 países para chegar aos 16 selecionados na mostra competitiva.

O corpo de curadores teve presença da programadora Anna Karina de Carvalho, do Cine Cultura, da cineasta Érika Bauer, das produtoras Lorena Quintas, Scarlett Rocha e Rafaella Rezende, de Nilson Rodrigues, produtor de cinema e diretor do festival, e do crítico Rodrigo Fonseca.

Veja os 16 filmes selecionados na mostra competitiva do Biff:

Ficção
“Album” (2016, Turquia), de Mehmet Can Mertoğlu
“Barash” (2015, Israel), de Michal Vinik
“La Caridad” (2015, México), de Marcelino Islas Hernandez
“Cartas de Guerra” (2016, Portugal), de Ivo Ferreira
“Her Composition” (2016, EUA), de Stephan Littger
“La Jeune Fille Sans Mains” (2016, França), de Sébastien Laudenbach
“Sin Mover los Lábios” (2015, Colômbia), de Carlos Osuna
“United States of Love” (2016, Polônia), de Tomasz Wasilewski

Documentários
“Al Purdy Was Here” (2015, Canadá), de Brian Johnson
“Ejercícios de la Memoria” (2015, Argentina/Paraguai), de Paz Encina
“En Quête de Sens” (“Em Busca de Sentido”) (2015, França), de Nathanaël Coste
“Jonas e o Circo sem Lona” (2015, Brasil), de Paula Gomes
“Ladder to Paradise” (2015, China), de Xiao Han e Liang Junjian
“Masoumeh” (2015, Irã), de Sona Moghaddam
“Pizarro” (2016, Colômbia), de Simón Hernández
“Zoe” (2016, Espanha), de Ander Duque

 

 

COMENTE

BIFFFestival Internacional de Cinema de Brasíliabrasília international film festivaljonas e o circo sem lona
comunicar erro à redação