*
 

Em meio à polêmica dos reajustes nas passagens, trabalhadores e turistas contam, a partir de agora, com uma rota de ônibus específica para percorrer a área central de Brasília. Começou a operar nesta quinta-feira (12/1) a linha circular 109, que faz o trajeto Memorial JK — Praça dos Três Poderes. Nova, a frota que faz o percurso é composta por nove veículos, cuja principal característica é o uso de biodiesel B-20.

O combustível emite menos gases do efeito estufa. “Esses nove carros, ao longo de um ano, equivalem a plantarmos 1,2 mil árvores aqui no Distrito Federal, dada a redução de dióxido de carbono (CO2)”, destaca o secretário de Mobilidade, Fábio Damasceno. Ele reforça que se trata de um retorno do investimento do Estado na área.

Os veículos não têm escada, contam com piso baixo, ar-condicionado, câmbio automático, motor traseiro, carroceria moderna e velocidade controlada para 60 quilômetros por hora. A ação faz parte do programa de mobilidade do governo, o Circula Brasília, e o custo para o DF já está incluído no investimento do sistema.

A linha também integra áreas de bolsões de estacionamento no Parque da Cidade e no Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha. “Era uma necessidade a melhoria dessas linhas interligando os poderes que ficam na Esplanada dos Ministérios, facilitando a circulação e a integração com o metrô”, explica Damasceno. “Traz mais conforto, comodidade e melhoria para a mobilidade”, completa.

De acordo com a Secretaria de Mobilidade, os ônibus operam no box 4 da plataforma A da Rodoviária do Plano Piloto, ao custo de R$ 2,50. No horário de pico, os veículos saem a cada cinco minutos. Todos já estão com a nova comunicação visual do sistema.

Com informações da Agência Brasília.

 

 

COMENTE

Ônibusrodoviária
comunicar erro à redação