*
 

Para conduzir um carro dentro da lei nas vias do DF não é preciso apenas estar com os documentos e o licenciamento em dia. O veículo também tem que estar com todos os equipamentos funcionando. Mas muitas vezes não é o que ocorre. No ano passado, 23.117 motoristas foram multados por problemas estarem sem equipamento obrigatório ou com dispositivo em desacordo com a legislação.

Isso significa dizer que por dia, 63 condutores brasilienses foram flagrados em fiscalizações, quase três por hora, segundo dadosdo  Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF).

As infrações estão relacionadas, por exemplo, ao limpador de para-brisa, buzina, chave de roda, pneu reserva, espelho retrovisor, triângulo, macaco ou problemas com o sistema de iluminação.

A principal irregularidade verificada nos veículos abordados refere-se a defeitos no sistema de iluminação do veículo. No ano passado foram registradas 10.858 infrações desse tipo e, em 2017, já são 1.032 autuações.

Os equipamentos obrigatórios são definidos pela legislação de trânsito e são fundamentais para garantir a segurança.

Quem conduz veículo com dispositivo irregular comete infração de natureza grave e está sujeito a multa de R$ 195,23 e cinco pontos na CNH. (Com informações do Detran-DF)

 

 

COMENTE

equipamentosfiscalizaçãoDetran-DF
comunicar erro à redação