*
 

As unidades do Na Hora emitiram 4,61 mil certificados de registro e licenciamento de veículo (CRLV) nesta sexta-feira (30/9), último dia do prazo para renovação do documento. A partir deste sábado (1º/10), os motoristas flagrados sem o certificado atualizado recebem multa de R$ 191,54, sete pontos na carteira e terão o veículo apreendido.

Devido ao começo da cobrança do documento, as seis unidades do Na Hora estão sobrecarregadas com o elevado número de pessoas em busca do atendimento dos postos do Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF). O diretor de Qualidade no Atendimento do Na Hora, Eduardo Calheiros, disse que nesta sexta todos os postos estiveram com as equipes completas nos horários normais de funcionamento — das 7h30 às 18h30 — para maximizar o serviço. No sábado (1º), o expediente é das 7h30 às 12h30.

Caso os donos de veículo apareçam nos postos do Detran-DF com problema para pagar o licenciamento, são redirecionados para os postos da Secretaria de Fazenda para impressão dos boletos. O débito pode ser quitado nos postos de conveniência do Banco de Brasília (BRB) das unidades. Se o cidadão não estiver em dia, pode emitir o boleto on-line e pagar em caixas eletrônicos, por meio de aplicativos de bancos para celular ou em casas lotéricas, antes de ir para o Na Hora.

Segundo Calheiros, os postos da Fazenda também estão sobrecarregados. Por isso, todos os órgãos do Na Hora auxiliam na impressão de boletos. A unidade da Rodoviária do Plano Piloto recebeu apoio de quatro servidores da sede do Detran-DF para fortalecer o atendimento. As impressoras reservas estão em funcionamento para acelerar as impressões. A situação da unidade é mais crítica por ter espaço menor e ficar em área central de Brasília.

O balanço do atendimento de hoje (30) foi de 718 emissões na unidade de Ceilândia, 685 na do Gama, 712 na do Riacho Fundo I, 850 na da Rodoviária, 475 na de Sobradinho e 1.170 na de Taguatinga. Segundo Calheiros, as senhas para o serviço foram distribuídas somente até as 17 horas, para que os servidores pudessem sair no horário regular de fechamento das unidades, às 18h30.

Desde 19 de setembro até 14 de outubro, os postos de atendimento do Detran-DF fazem apenas o serviço de emissão do documento. Para a retirada, o cidadão deve levar o documento do ano anterior e o comprovante de pagamento do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), do seguro obrigatório (DPVat), do licenciamento e das multas vencidas.

Paralisação dos servidores do Detran-DF
A situação nos postos do Na Hora foi agravada devido a uma paralisação de servidores do Detran-DF durante as 24 horas de hoje (30). O movimento impediu que funcionários do departamento fizessem atendimentos ao público.

 

 

COMENTE

IPVAlicenciamentoDetran-DF
comunicar erro à redação