*
 

O número de veículos no Distrito Federal chegou a 1,7 milhão em setembro, segundo dados do Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF). Destes, até o momento, 55,8% estão licenciados.

De acordo com o órgão, desde 1º de setembro, todos os veículos que circulam na capital federal devem portar o Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV) de 2017. O condutor que for flagrado dirigindo sem o licenciamento cometerá uma infração gravíssima, com multa de R$ 293,47, sete pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e remoção do veículo, além de outras despesas com guincho, diária, vistoria e serviço de liberação, conforme o Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

Autuações
Somente este ano – de janeiro a setembro – 21.568 condutores foram autuados no DF por não estarem com o licenciamento do veículo regularizado. Em 2016, mais de 28 mil motoristas receberam multas pelo mesmo motivo.

Após 13 dias do vencimento do CRLV 2016, a corrida aos postos de atendimento do Detran continua intensa. O órgão vem atendendo cerca de oito mil usuários por dia, quando a média diária gira em torno de cinco mil pessoas.

Regularização
Para regularizar a situação do veículo, o usuário não precisa se deslocar ao Detran. Basta entrar no site www.detran.df.gov.br e imprimir os boletos de débitos, tais como, IPVA, DPVAT – seguro obrigatório, taxa de Licenciamento e multas pendentes.

Após a quitação dos débitos, o documento do veículo será enviado, automaticamente, ao endereço registrado no sistema.

Protocolo
Aqueles que ainda não receberam o CRLV 2017, podem acessar o site do órgão e emitir o Protocolo de Autorização Provisória para a Circulação de Veículo. O Detran já registrou a emissão de 33.777 autorizações provisórias. O documento tem validade de 30 dias e cada proprietário poderá tirar uma única vez.

(Com informações do Detran-DF)

 

 

COMENTE

Detranfiscalizaçãofrota
comunicar erro à redação