*
 

No dia em que se comemora o 195º ano da independência do Brasil em relação a Portugal, o tradicional desfile cívico-militar vai celebrar a data, nesta quinta-feira (7/9), na Esplanada dos Ministérios. O evento exigirá medidas para facilitar o acesso do público e a mobilidade no trânsito. As vias S1, na altura da Catedral Metropolitana de Brasília, e N1, próximo ao acesso pela L4 Norte, serão interditadas a partir das 22h desta quarta (6).

As Via S2 e N2 serão utilizadas como rotas alternativas e locais de acesso aos estacionamentos dos anexos dos ministérios e do Supremo Tribunal Federal (STF), disponibilizados para o público em geral.

Os acessos aos túneis do Itamaraty e da Catedral, sentido via S1, estarão fechados. A liberação das vias ocorrerá no início da tarde e está condicionada à desocupação total das pistas pelos pedestres.

O Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF) fará a segurança das vias, que inclui fiscalização constante com a presença de guinchos.

O ponto alto da celebração será o desfile militar, que envolverá tropas do Exército, da Marinha e da Aeronáutica, viaturas, cavaleiros e integrantes do Batalhão da Guarda Presidencial, além do tradicional show aéreo da Esquadrilha da Fumaça.

O percurso será feito pela via N1, a partir do Ministério da Justiça até o da Indústria, Comércio Exterior e Serviços.

Desfile
Participarão do desfile 820 estudantes da rede pública de ensino do Distrito Federal. O tema da participação estudantil será a sustentabilidade e os quatro elementos da natureza. Haverá participação especial dos alunos do projeto Ginástica nas Quadras. O programa tem como objetivo promover a melhoria da qualidade de vida da comunidade escolar, prioritariamente idosos, por meio da oferta de práticas esportivas e atividades sociais gratuitas.

Também marcará presença o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) com oito veículos e seis motos.

Água
A Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb) vai proporcionar uma estrutura especial ao público que for assistir ao desfile. No total serão disponibilizados cerca de 21 mil l de água potável. Estarão distribuídos no espaço do evento dois caminhões com caixa d’água de 5 mil l, cada, e cinco veículos de menor porte contendo caixas de 500 l.

Essas estruturas ficarão no gramado central da Esplanada do Ministérios das 7h às 11h. Outras sete caixas de 500 l cada serão instaladas em pontos estratégicos próximos aos Ministérios.

Serão montadas ainda 10 cubas para fornecimento de água nas tendas para atender unidades da Secretária de Saúde, do Corpo de Bombeiros e do Exército.

Limpeza pública
O Serviço de Limpeza Urbana (SLU) disponibilizará 90 garis para trabalhar em pontos estratégicos durante o feriado. O esquema de limpeza contará também com um caminhão coletor, um caminhão caçamba e um caminhão pipa, todos com garis.

O Corpo de Bombeiros Militar do DF mobilizou esquema especial para cumprir suas atribuições legais, com aparato de prevenção de acidentes e incêndios, de salvamentos e de atendimento pré-hospitalar.

A estrutura para o dia do desfile contará com 58 militares, 22 viaturas e um posto de comando para atendimento pré-hospitalar, incêndio e salvamento.

Transporte público
O Transporte Urbano do Distrito Federal (DFTrans) informou que, na quinta, os ônibus seguirão a tabela dos domingos — com 40% da frota.

Por conta do desfile na Esplanada dos Ministérios, todas as linhas que ligam as regiões administrativas à Rodoviária do Plano Piloto serão reforçadas. O aumento das viagens ocorrerá de acordo com a demanda.

As estações de metrô estarão abertas das 7h às 19h na quinta-feira.

Ambulantes
A Secretaria das Cidades informou que 23 ambulantes estão cadastrados para participar do evento de 7 de Setembro na Esplanada dos Ministérios.

Para segurança da população, não será permitido vender bebidas alcoólicas, sucos e refrigerantes em garrafas de vidro.

Também estão vetados pipas, balões infláveis e quaisquer brinquedos flutuantes que possam colocar em risco a participação das aeronaves da Esquadrilha da Fumaça. Churrasquinhos deverão ser vendidos em pratos plásticos, de papelão ou isopor, e não em espetos.

 

 

COMENTE

7 de setembrodia da independência
comunicar erro à redação