*
 

Uma lista com as operações do Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF) previstas para outubro teria vazado em redes sociais e grupos de mensagens. A informação foi dada pelo jornalista Chico Sant’Anna em seu blog.

Segundo ele, a suposta agenda de blitze noturnas — cuja autenticidade não pôde ser verificada — relaciona datas, horários de início e de término e locais onde os agentes do Detran entrariam em ação. Também é detalhado se haveria bafômetro disponível para medir o nível de alcoolemia dos motoristas. No documento, aparecem operações previstas no período de 6 a 27 de outubro.

São citadas operações no Park Way, na Candangolândia, em Santa Maria, no Recanto das Emas, no Núcleo Bandeirante, no Riacho Fundo 1 e no Gama. Também é informado o local de encontro dos agentes envolvidos, que, em muitos casos, são as unidades da Polícia Militar do Distrito Federal.

 

Vazamentos frequentes
O chefe de Fiscalização do Detran-DF, Silvain Fonseca, não confirmou a autenticidade da lista, mas admitiu que os vazamentos são frequentes. Ainda assim, segundo Fonseca, não influenciam os resultados das operações.

“Esse tipo de coisa acontece com frequência, entretanto, temos como hábito mudar o local das blitzes momentos antes de realizá-las, justamente para evitar avisos prévios. O sucesso é provado com o alto número de autuações registradas”, explica.

Fonseca aproveita para questionar o comportamento da população. “As pessoas costumam reclamar da falta de presença do Estado nas ruas, mas quando fazemos operações, também reclamam e tentam nos boicotar. Vale lembrar que as blitzes são usadas para recuperar veículos roubados e evitar outros crimes.”

Segundo dados do órgão, foram apreendidos 5.051 automóveis e recuperados outros 32 com restrição de roubo ou furto nos últimos três meses. No mesmo período, 3,6 mil condutores foram flagrados após beberem. A média é de 40 autuações diárias.

 

 

COMENTE

Detranvazamentoblitzes
comunicar erro à redação