*
 

Mais uma viatura da Polícia Militar capotou nas vias do Distrito Federal. Desta vez, o caso ocorreu em Sobradinho durante uma perseguição a um Gol Branco, na noite deste sábado (15/10. O motorista passou por uma curva onde tinha uma poça d’água que fez o veículo perder a aderência e capotar.

Este é o 21º caso de capotamento na corporação desde 2013. A maior reclamação da categoria policial é que os atuais veículos não atendem às exigências de segurança e ergonomia, causando acidentes e problemas de saúde aos servidores.

No capotamento ocorrido em Sobradinho, quatro policiais estavam dentro da viatura. De acordo com a Polícia Militar, todos estão bem, mas um deles precisou ser encaminhado ao Hospital Regional de Sobradinho devido à suspeita de uma fratura no punho.

Morte de policial na BR-070
Em fevereiro, o assunto da troca das viaturas ganhou força com o caso do cabo Renato Fernandes da Silva, 37 anos. Ele morreu durante uma perseguição na BR-070, perto de Águas Lindas (GO), após a viatura em que ele estava capotar. Parte da corporação apontou a instabilidade do carro, um utilitário da Mitsubishi, como fator preponderante no capotamento. A PMDF tem 378 unidades do modelo.

À época, o caso de Renato Fernandes foi o terceiro capotamento em um prazo de 24 horas. Os outros dois aconteceram em 4 de fevereiro, em uma perseguição no Setor Bancário Sul. Cinco PMs foram encaminhados pelo Corpo de Bombeiros ao Hospital de Base do DF com ferimentos, dores na coluna e lesões. Uma das vítimas fraturou o braço.O acidente de Renato foi em 5 de fevereiro.

 

 

COMENTE

polícia militarcapotamentoviatura
comunicar erro à redação