*
 

Após uma ação conjunta da Polícia Militar de Goiás e da Polícia Militar do Distrito Federal, dois suspeitos de integrar uma quadrilha que tentou assaltar uma mineradora na cidade de Crixás (GO) foram presos na madrugada desta quarta-feira (8/3).

A polícia conseguiu chegar até eles com a ajuda de um balde. Isso porque quando a PMGO foi chamada para coibir o assalto, começou uma perseguição com direito a troca de tiros. Em determinado momento, a quadrilha jogou um balde de pregos na pista para furar os pneus das viaturas. A corporação, então, foi obrigada a parar a perseguição e recolheu o recipiente. Nele, estava escrito o endereço de um loja de equipamentos elétricos no Guará.

A PMGO, então, acionou a PMDF, que enviou viaturas até o estabelecimento. No local, foram encontradas sete armas de alto calibre, entre elas um fuzil de guerra, usado pelas Forças Armadas norte-americanas, 4 mil balas de diferentes calibres, além de R$ 40 mil. A polícia prendeu o proprietário da loja, Josivaldo Fernandes Gonçalves, 52 anos, conhecido como “professor”; e  José Aparecido Fernandes, irmão dele, 54 anos.

A polícia acredita que Josivaldo seja o mentor da quadrilha. Ele, inclusive, tem passagem na polícia por tentativa de assalto à mesma mineradora em 2005. A 1ª Delegacia de Polícia (Asa Sul) vai investigar o caso.

 

 

COMENTE

políciaprisãoarmamentos
comunicar erro à redação