*
 

A Polícia Militar do Distrito Federal informou nesta quarta-feira (21/12) o falecimento do subtenente Abraão Holanda Cavalcante, da reserva remunerada. O PM foi vítima de tentativa de latrocínio no último dia 12 e estava internado desde então.

Nesta quarta (21), o militar passaria por uma cirurgia para a retirada de uma bala alojada no fêmur. Mas, durante a anestesia, o paciente teve uma parada cardíaca e faleceu.

Ainda não foram divulgados a data e horário do velório do policial militar.

Tentativa de latrocínio
O subtenente Holanda, como era conhecido, foi atingido por quatro tiros durante uma tentativa de latrocínio no Gama no último dia 12.

Ao perceber que a vítima era um policial, o suspeito teria reagido de forma mais violenta, afirmou a corporação. O militar foi atingido no abdômen, no braço, na perna e na virilha. Ele estava acompanhado da mulher no momento da abordagem.

O criminoso levou uma quantia em dinheiro e a arma do PM. Depois, teria fugido junto de comparsas em um carro branco do modelo Fox. Ferido, Cavalcante teve de ser levado ao Hospital Regional do Gama (HRG).

Este foi o quarto caso de militar baleado entre novembro e dezembro no Distrito Federal. No dia 4 do mês passado, Pedro Gonçalves Pereira Neto, 48 anos, foi atingido na cabeça durante um assalto na QNM 6, em Ceilândia. Ele segue internado no Hospital de Base do DF. Na quarta (16), um soldado acabou ferido quando dois homens tentaram roubar sua arma. No dia seguinte (17), outro policial militar aposentado foi baleado durante um assalto a joalheira no shopping no Gama.

 

 

COMENTE

comunicar erro à redação