*
 

Para facilitar o atendimento de crianças e de adolescentes de até 19 anos na campanha nacional de multivacinação, a Secretaria de Saúde fará um esquema especial neste sábado (24/9), Dia D da iniciativa. Normalmente fechados nos fins de semana, os postos de saúde vão funcionar para que as famílias possam buscar a rede pública. Serão 106 unidades abertas, das 7 às 13 horas e das 14 às 18 horas, onde podem ser aplicadas as 14 vacinas.

A campanha é promovida pelo Ministério da Saúde, que enviou 335,9 mil doses para Brasília. A ação começou na segunda-feira (19/9) e segue até o dia 30 de setembro.

As vacinas são: dupla adulto (tétano e difteria); DTP (difteria, tétano e coqueluche); febre amarela; hepatite A; HPV; meningocócica C (meningite); pentavalente (sarampo, rubéola, difteria, coqueluche, hepatite B, pneumonias, meningite, rotavírus e poliomielite); pneumo 10 (pneumonia, meningite, otite); rotavírus; varicela; VIP (poliomielite injetável); VOP (poliomielite oral); tríplice viral (sarampo, caxumba e rubéola); e tetra viral (sarampo, caxumba, rubéola e varicela).

Crianças e adolescentes podem receber todas as vacinas, exceto a de HPV. Esta é para meninas de 9 a 13 anos, mas só será aplicada se não estiver em dia na caderneta de vacinação. Por isso, é importante levar o documento. (Veja quais são os postos de atendimento para a multivacinação)

Folgas compensatórias para servidores da Saúde

Os servidores da Secretaria de Saúde que trabalharem no Dia D da campanha de multivacinação terão folgas compensatórias. A decisão foi publicada nesta sexta-feira (23/9), em edição extra do Diário Oficial do Distrito Federal. De acordo com o Decreto nº 37.654, o profissional poderá folgar o dobro das horas trabalhadas. A licença compensatória deve ser concedida pela chefia até dois meses depois do dia trabalhado.

 

 

 

COMENTE

comunicar erro à redação