*
 

Depois de correr o risco de ter as atividades paralisadas por falta de pessoal, o centro obstétrico do Hospital de Ceilândia (HRC) é afetado por um novo problema: a unidade está infestada de piolhos de pombo. Imagens mostram uma gaze cheia de parasitas no hospital.

Procurada, a Secretaria de Saúde informou, em nota, que “a empresa de limpeza e conservação foi imediatamente acionada e realizou a higienização do local. Haverá, também, dedetização”. A pasta disse ainda que técnicos da Vigilância Ambiental fizeram uma inspeção nas áreas interna e externa para detectar possíveis focos ou ninhos de pombos e outras aves na unidade de saúde.

Sobre o atendimento, a secretaria afirmou que pacientes de menor gravidade estão sendo orientadas a procurar os hospitais de Taguatinga, Samambaia ou Brazlândia. “As gestantes de classificação amarelo e laranja (mais graves) são acolhidas e passam por avaliação médica para decisão de tratamento. As classificadas como vermelho têm atendimento imediato no HRC”, diz o texto.

A previsão é que o atendimento no centro obstétrico seja normalizado nesta sexta-feira (2/9).

Visitantes indesejados
Não é a primeira vez que a unidade de saúde recebe a visita de piolhos de pombo. Em 2010, a infestação se concentrou no centro cirúrgico do HRC.

Somente este ano, foram duas ocorrências inusitadas em hospitais da rede pública do DF. Em março, a radiologia, o laboratório e o banco de sangue do Hospital Regional de Taguatinga (HRT) precisaram ser fechados por conta de uma infestação de pulgas. Uma semana mais tarde, um vídeo que mostrava a presença de ratos no Hospital Regional da Asa Norte (Hran) causou alvoroço nas redes sociais.

 

 

COMENTE

Secretaria de Saúdehospital regional de ceilândiacentro obstétricopiolhos de pombo
comunicar erro à redação