*
 

Depois de dois dias de paralisação, os vigilantes da empresa Brasília e Ipanema Segurança voltaram ao trabalho nesta quinta-feira (12/1) nas unidades de saúde do Distrito Federal. A informação foi repassada pelo sindicato da categoria.

Reprodução/WatSapp

Aviso no Hospital Regional de Taguatinga

 Os funcionários da Brasília Segurança foram os primeiros a retornar às atividades pela manhã nos seguintes hospitais: Materno Infantil (Hmib), regionais do Gama, do Paranoá e Santa Maria. De acordo com o sindicato, cerca de 730 trabalhadores receberam o salário do mês, que deveria ter sido pago na sexta (6), e encerraram a paralisação.

Por volta das 12h30, o sindicato informou que o valor também foi depositado pela Ipanema e que o movimento dos funcionários da empresa também foi suspenso neste horário. Eles somam 1,7 mil vigilantes e atuam nos hospitais de Brazlândia, Ceilândia, Taguatinga (HRT e São Vicente), Samambaia, Guará, Hospital de Apoio e São Sebastião ainda permanecem de braços cruzados.

Em função da paralisação dos vigilantes, o Hospital Regional de Taguatinga (HRT) colocou um aviso na portaria informando que não haverá visita a pacientes nesta quinta (12).

Os salários dos vigilantes não foram depositados na sexta, segundo as empresas, devido à falta de repasse dos recursos por parte do GDF. A Secretaria de Saúde reconheceu a dívida do mês de novembro do ano passado com a Brasília e a Ipanema e informou que o valor seria depositado até esta quinta.

 

 

COMENTE

Paralisaçãovigilantesvolta ao trabalho
comunicar erro à redação