*
 

Heliponto com elevador privativo, espelho d’água, arborização, três andares de garagem subterrânea e vista para o céu, como nos estádios de futebol. Essas são apenas algumas das características da luxuosa sede da Igreja Universal do Reino de Deus que será construída às margens do Pistão Sul, em Taguatinga. Nos moldes do grandioso Templo de Salomão, em São Paulo, o futuro novo centro de culto dos integrantes da Universal acomodará até 5 mil pessoas. A previsão é de inauguração até 2020.

O Metrópoles teve acesso exclusivo a imagens do projeto (veja abaixo). A promessa aos fiéis é que o templo seja o mais moderno e suntuoso de Brasília. A estrutura ocupará um terreno de 22,5 mil m², onde funcionou a concessionária Taguauto nas últimas décadas. O projeto é da empresa portuguesa JFA Engenharia e foi apresentado a 15 mil evangélicos pelo fundador da Universal, bispo Edir Macedo, no fim de setembro.

“O bispo Edir Macedo mostrou como será a catedral e falou sobre a importância de as pessoas ajudarem, afinal, o custo disso aqui vai ficar para nós, fiéis”, contou um dos seguidores da Universal, que pediu para não ter o nome divulgado.

O terreno já foi comprado pela Universal. Hoje, o espaço ainda não tem cara de igreja, mas um palco e uma tenda de 100 metros de extensão foram improvisados no local e abrigam reuniões e cultos aos domingos. Os fiéis chegam em ônibus e são acomodados em cadeiras plásticas brancas, sob a estrutura branca, em frente ao palco e a dois telões. Para amenizar o calor, há ao menos oito climatizadores.


Michael Melo/Metrópoles

 

Não se fala em cifras para desenvolver o empreendimento, mas sabe-se que os valores não serão nada modestos. A promessa do luxo atrai a atenção de quem trabalha ali perto. “Parece projeto do (Oscar) Niemeyer. Os engenheiros vieram aqui e fizeram perfurações no solo. Disseram que vão conseguir fazer três pavimentos só de estacionamento subterrâneo. Estou até curioso para ver como vai ficar”, disse um funcionário da região, que acompanha de perto as notícias do novo templo da Universal.

Quando estiver pronta, a catedral abrigará a sede administrativa da Universal, hoje instalada na Asa Sul. Além do projeto luxuoso, não se sabe muito sobre as curiosidades internas do local. Se for como o Templo de Salomão, construído em São Paulo por Edir Macedo, poderá ter até uma esteira para carregar o dízimo dos fiéis para um cofre, como revelou uma matéria da Veja São Paulo.

O custo do Templo de Salomão ficou em R$ 685 milhões e foi erguido em um terreno equivalente a cinco campos de futebol. Inaugurado em 2014 na região do Brás, tem capacidade para 10 mil pessoas e é o maior espaço religioso do Brasil, ficando à frente do Santuário Nacional de Aparecida, em São Paulo, que tem 23 mil m² de área construída.

R$ 200  milhões
O grupo Brasal, do empresário Osório Adriano, vendeu o terreno, que fica próximo ao Taguatinga Shopping, há cerca de dois meses. Nenhum dos envolvidos na venda fala sobre a negociação, mas o que se comenta nos bastidores é que a movimentação passou dos R$ 200 milhões. A Taguauto ainda ocupa uma parte da área, mas deixará o local até o fim de dezembro, quando o espaço será transformado em um gigante canteiro de obras.

Funcionários da Brasal garantiram que a incorporadora conseguiu negociar a participação do grupo na construção do novo templo religioso de Brasília. Já o futuro da Taguauto ainda é incerto. Aos empregados, a informação é de que a diretoria ainda procura um espaço para se instalar. Osório Adriano informou que não comentaria os negócios.

O Metrópoles também procurou a Universal, mas, por meio da assessoria de imprensa, o grupo disse que as informações disponíveis no momento estão neste link, onde há uma matéria sobre o culto comandado por Edir Macedo no mês passado.

A Administração Regional de Taguatinga explicou que o terreno onde será erguido o templo está liberado para qualquer tipo de edificação. Assim que o projeto arquitetônico e demais documentos forem apresentados à Secretaria de Habitação, a Universal poderá obter o alvará para a construção. Por fim, a administração esclareceu que a Agência de Fiscalização (Agefis) ficará responsável pela emissão da licença para o início da obra.

 

 

COMENTE

TaguatingaIgreja Universal do Reino de Deus
comunicar erro à redação