*
 

O governador Rodrigo Rollemberg (PSB) sofreu uma dupla derrota nesta quinta-feira (12/1). Minutos após a Câmara Legislativa derrubar o aumento nas passagens de ônibus e metrô aplicado pelo GDF em 2 de janeiro, os distritais derrubaram um veto que retirava recursos da Casa.

Ao sancionar o Orçamento de 2017, Rollemberg tinha cortado R$ 62,8 milhões da Câmara Legislativa. Mas, na tarde desta quinta (12), os deputados derrubaram a parte do veto que se refere à tesourada de R$ 38,8 milhões. Esse dinheiro é destinado à manutenção da Casa.

Segundo o presidente da CLDF, Joe Valle (PDT), os recursos se referem apenas ao que diz respeito aos gastos necessários para que a Câmara continue funcionando. “Era urgente que os deputados votassem essa derrubada para que a Casa tenha condições de manter o trabalho”, salientou Joe.

 

 

COMENTE

comunicar erro à redação