*
 

A 2ª Delegacia de Polícia, na Asa Norte, está investigando o caso de um suposto tarado que vem agindo na quadra 713 Norte. Na semana passada, um homem foi flagrado nu, se masturbando dentro de um carro estacionado próximo a uma parada de ônibus. Ao notarem o que se passava no veículo, pessoas que aguardavam pelo transporte coletivo filmaram a cena com aparelhos celulares.

Um vídeo do homem se cobrindo rapidamente foi compartilhado nas redes sociais. Quem compartilha diz se tratar do caso da 713 Norte. De acordo com informações da Polícia Militar, um denunciante anônimo, que recebeu as imagens, teria identificado o suspeito como sendo seu vizinho.

A PM foi até o endereço indicado pelo denunciante e encaminhou o homem à delegacia. Ainda de acordo com a corporação, ele foi liberado por não constar qualquer denúncia ou flagrante em seu nome.

 

O suspeito denunciado pelo vizinho se identificou aos PMs como sendo bombeiro militar. Dessa forma, os policiais que atenderam a ocorrência também acionaram o comando do Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF). Segundo a corporação, o caso está sob investigação.

“Estamos aguardando a confirmação das informações detalhadas pelas autoridades competentes. A corporação está tomando todas as providências que o caso requer”, destacou o CBMDF, em nota. “Lembramos que o Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal é uma instituição pautada pela hierarquia e disciplina, e orienta seus membros a uma conduta ilibada”, foi acrescentado em outro trecho.

A equipe da 2ª DP segue na investigação sobre o caso relatado na 713 Norte, e não quis adiantar em que ponto está a apuração. Tampouco confirmou se o suspeito que investigam é o homem flagrado pelos passageiros que aguardavam uma condução.

Preocupação
Moradores e pessoas que trabalham na quadra estão apreensivos com a possibilidade de haver um tarado circulando pela região. “Não é a primeira vez que isso acontece aqui na 713. Já fiquei sabendo de pelo menos outras duas situações. Inclusive, presenciei uma delas. Um homem estava se masturbando atrás de um muro próximo ao local onde trabalho”, informou uma comerciante. “Estávamos eu e uma amiga, e ele ficou nos olhando enquanto praticava o ato”, relatou.

Segundo ela, a existência de uma creche próxima a quadra é mais um motivo de preocupação: “Crianças passam por aqui todos os dias. Ficamos com medo, e não temos qualquer policiamento no local”.

 

 

COMENTE

Asa NorteTarado
comunicar erro à redação