*
 

Neste domingo (9/10), o trânsito na Saída Norte de Brasília será alterado para a quinta implosão de rocha no local. A detonação está prevista para as 15h e deve durar uma hora. A atividade é necessária para as obras da Ligação Torto-Colorado e do Trevo de Triagem Norte.

Às 14h40, um trecho de 5,2 quilômetros entre os balões do Torto e do Colorado, na DF-003, será interditado nos dois sentidos pelo Departamento de Estradas de Rodagem do Distrito Federal (DER-DF). As vias adjacentes, que dão acesso a áreas próximo à rocha, estarão fechadas a partir das 14h25.

Para acessar a parte norte de Brasília, motoristas podem usar rotas alternativas. Para chegar a Planaltina, a Sobradinho ou aos condomínios nas regiões, será preciso contornar pelo Varjão, pelo Lago Norte e pelo Paranoá, sentido balão do Colorado.

Quem estiver em São Sebastião ou no Jardim Botânico, por exemplo, poderá passar pela Barragem do Lago Paranoá, seguindo pelo Itapoã, no sentido do balão do Colorado. Se o ponto de partida for Brazlândia, pode-se pegar a DF-430 até a DF-001, que dá acesso ao balão. O trajeto inverso poderá ser feito pelos condutores que saírem de Sobradinho ou de Planaltina.

Outros caminhos são possíveis, a depender da região administrativa de origem do motorista. De acordo com o DER-DF, serão 1,4 mil quilos de explosivos, distribuídos em 240 furos. O volume de rocha fragmentada será de 5,2 mil metros cúbicos. As outras quatro ações desse tipo ocorreram em 11 e 18 de setembro e em 17 e 24 de julho. A rocha tem 100 metros de comprimento, 70 metros de largura e 8 metros de profundidade.

A exemplo das outras vezes, os moradores e comerciantes em um raio de 300 metros da explosão foram notificados pela JM Terraplanagem e Construções, construtora responsável pelo procedimento e pelas obras na Saída Norte, e não devem permanecer no local.

Agência Brasília/Reprodução

Obras do Trevo de Triagem Norte e da Ligação Torto-Colorado
Serão 10 obras no Trevo de Triagem Norte, entre pontes, viadutos e túneis, feitas para distribuir o fluxo de veículos com destino ao Plano Piloto, levando ao Eixo Rodoviário Norte-Sul, à W3, aos Eixinhos Leste e Oeste e à L2. As intervenções visam desafogar o trânsito na região norte para beneficiar mais de 100 mil motoristas.

As benfeitorias têm custo de R$ 207 milhões, sendo R$ 146 milhões do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), R$ 51 milhões de contrapartida do governo de Brasília e R$ 10 milhões da Agência de Desenvolvimento do DF (Terracap).

 

 

COMENTE

Saída Norte
comunicar erro à redação