*
 

A ONG Vítimas Unidas, que reúne mulheres que sofreram abusos sexuais, saiu em defesa da atriz da Globo Mônica Iozzi. A organização encabeça um abaixo-assinado para que a ação contra a atriz, que foi condenada a pagar R$ 30 mil por danos morais ao ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes, seja relevada pelo magistrado.

A organização representa vítimas do médico Roger Abdelmassih, condenado pela Justiça por abusar sexualmente de suas pacientes. Gilmar Mendes processou a global por danos morais devido a uma foto postada por ela no Instagram. Na imagem, ela criticou o habeas corpus concedido por Mendes ao médico. “Se um ministro do STF faz isso… nem sei o que esperar”, disse Mônica Iozzi na postagem.

A organização pretende entregar o abaixo-assinado ao ministro Gilmar Mendes. Na página do Facebook da ONG, Vana Lopes, uma das vítimas do médico, ressalta: “Ao nosso ver, quem maiores danos sofreram com todo este drama foram as vitimas de estupro, que não receberam nenhuma indenização. Gostaria de lembrar que o Poder Judiciário deixou escapar o monstro  Abdelmassih, oportunidade que o médico aproveitou para fugir, e esta situação nos trouxe traumas irreparáveis.”

 

 

 

COMENTE

Gilmar Mendesabaixo-assinadoVítimas Unidas
comunicar erro à redação