*
 

Rogério Silva, 59 anos, morreu, na zona rural do Gama, após bater a cabeça no fundo de uma piscina e sofrer um fratura na medula e traumatismo craniano. Segundo testemunhas, ele mora em Araxá, Minas Gerais, e estava no Distrito Federal a passeio.

No local, estava sendo realizada uma festa de aniversário, quando Rogério decidiu dar um salto para mergulhar. Mas a piscina tinha apenas 1,5 m de profundidade, ocasionando o acidente.

O Corpo de Bombeiros (CBMDF) ainda foi acionado e, com a ajuda do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), tentou reanimá-lo. No entanto, apesar das diversas tentativas, a vítima não resistiu. A Polícia Civil (PCDF) está no local e investigará o caso.

 

 

COMENTE

gamaafogamentoPiscina
comunicar erro à redação