*
 

O ex-catador de materiais recicláveis João Rodrigues Cerqueira, 20 anos, que encontrou no lixo e devolveu um maço contendo US$ 1,4 mil (cerca de R$ 5 mil) recebeu uma homenagem nesta terça-feira (27/9) no Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT).

Ao lado da mãe, da esposa e do filho, João foi recebido pelo procurador-geral de Justiça, Leonardo Bessa. Ele ganhou uma placa em homenagem ao seu gesto e foi convidado a participar, como voluntário, do projeto “O que você tem a ver com a corrupção?”, desenvolvido em escolas da rede pública do DF. Bessa diz que é muito importante valorizar gestos como os de João.

Não fiz nada de mais, além do meu dever. Mesmo que eu não tivesse ganhado nada, não me arrependi da minha ação. Independentemente da classe social, existem muitas pessoas boas no mundo, que não pensam em passar os outros para trás"
João Rodrigues Cerqueira, 20 anos, ex-catador de materiais recicláveis

O catador virou notícia nacional a partir de um gesto de honestidade, ocorrido no dia 20 de setembro. Ele achou US$ 1,4 mil em meio ao lixo e devolveu tudo ao dono, o fonoaudiólogo Bruno Temístocles. Após acionar a empresa responsável pela coleta, Bruno foi até a cooperativa, na Estrutural, procurar o dinheiro, mas não encontrou. Ao saber da história, João contou que ficou mais atento ao serviço e acabou encontrando os dólares.

Ele trabalhava na cooperativa de reciclagem havia seis meses e ganhava R$ 600 mensais. Depois do seu gesto, Bruno deu um emprego ao rapaz, que é casado e mora em uma casa humilde da Estrutural. Sua atitude também chamou a atenção do cantor Gabriel, o Pensador. Ele não só visitou João como o entregou R$ 10 mil.

 

 

COMENTE

MPDFTHomenagemEx-catador
comunicar erro à redação